COMUNIDADES DE VIDA E ORAÇÃO - Vigiai, porque não sabeis a hora em que virá o Senhor (Mateus 24,42)
Documento sem título
 




 
 
18/12/2016
152º CENÁCULO - CELEBRAÇÃO DO NATAL DE JESUS
18/12/16
 

Realizamos hoje, 18/12/16 o nosso 152º Cenáculo com Maria para celebrar o Natal do Senhor.

Com a presença de cerca de 40 pessoas e com a capela multicolorida iniciamos o cenáculo às 9 horas da manhã com a seguinte programação:

  1. RITOS INICIAIS

Canto: Reunidos aqui num Cenáculo de Amor, pedimos forças pelas mãos de Maria. Ela conhece bem todos seus queridos filhos, e não deixará faltar para nós seu auxílio. /:Vinde Espírito Santo, vinde / Por meio da poderosa intercessão/ Do Imaculado Coração de Maria / Vossa amadíssima Esposa:/

Intenções e preparação: nº 256 na página 191

Canto: A nós descei divina luz – nº 48 na pagina 281

Terço do Espírito Santo: nº 98 na página 53

Canto: Vem Espírito Santo, vem, vem iluminar - nº 160 página 308

  1. ORAÇÕES DE LIBERTAÇÃO

Oração de renúncia e libertação – nº 134 página 71

Pequeno exorcismo de Leão XIII – nº 135 na página 72

Canto: Dá-nos a paz

  1.  CELEBRAÇÃO DO NATAL DE JESUS

D - Vamos celebrar hoje o Advento e o Natal de Jesus e vamos nos deixar envolver pela Sua Luz. O Natal é celebração da fé no nascimento de Jesus. Vamos abrir nosso coração e nossa mente e deixar a Luz de Jesus entrar em nós, para revivermos a Noite Santa do NATAL, a vinda de Jesus.

Vamos juntos rezar a Oração do Advento:

Senhor, eu te espero novamente. Povoa de esperança o espaço que restou dentro de mim. Enxuga a lágrima que ainda molha a minha face. Ajuda-me a repartir os sorrisos que vingaram neste espaço de barro que sou eu, e onde um dia semeaste a fé. Repete este milagre de, embora divino, caberes por inteiro no meu coração humano. Volta para mim, desta maneira simples de chegar e permanece comigo, ajudando-me a crer que ainda é tempo de sonhar com a paz. Senta-se à minha mesa e prova o pão do meu suor.

Caminha do meu lado para entenderes o meu cansaço. Escuta meus anseios, para compreenderes minha luta. Volta para mim, desta maneira simples de chegar. Volta silencioso como a aurora e plenifica de luz o meu amanhecer. Volta silencioso como a flor e perfuma de amor o meu desejo. Volta para mim, desta maneira simples de chegar. De minha parte, estarei te esperando como terra seca, que procura orvalho; como noite escura que procura luz; como fonte imóvel que procura impulso. Volta para mim, desta maneira simples de chegar. E que te possa descobrir em todos os presépios e casas, em todas as manjedouras e berços, em todas as Marias e Josés. Amém!

Vamos agora receber a procissão com as imagens de São José e de Nossa Senhora!

Canto: Maria cheia de graça (1ª est.)

D - Existiu na Galileia um homem justo, chamado José, que foi escolhido por Deus para ser o pai adotivo de Jesus e esposo de Maria. Maria de Nazaré estava rezando quando o Anjo Gabriel lhe anunciou que Deus a escolhera para ser a Mãe do Salvador. O Anjo lhe disse:

R - “Ave cheia de graça, o Senhor é contigo. Não temas, Maria, pois encontraste graça diante de Deus. Eis que conceberás e darás à luz um filho e lhe porás o nome de Jesus. O Espírito Santo descerá sobre ti, e a força do Altíssimo te cobrirá com sua sombra... A Deus nada é impossível”.

D - Disse Maria:

R - “Eis aqui a serva do Senhor, faça-se em mim segundo a Tua Palavra”.

D - José e Maria foram para Belém para o recenseamento. Em um estábulo para animais, acolheram o Filho de Deus, nosso Salvador. Ao nascer Jesus, o estábulo ficou inundado de luz.

Canto: Maria cheia de graça (2ª est.)

  1. O SANTO ROSÁRIO DE MARIA

4.1 - Mistérios Gozosos

1º Mistério – A anunciação do Anjo Gabriel a Maria que seria a Mãe de Jesus

Pai Nosso, Ave Maria (10x), Glória

SALMO A MARIA - Após a dezena

D – Bendita sois Vós entre as mulheres,

R – Porque escolhida para ser a Mãe do Homem-Deus!

D – Bendita sois Vós entre as Mães,

R – Porque destes à luz a Luz do mundo!

D – Bendita sois Vós entre os caminheiros da terra,

R – Porque destes a mão Àquele que é o Caminho!

D – Bendita sois Vós entre as esposas,

R – Fostes companheira fiel de José, escolhido para proteger o Deus feito Menino!

D – Bendita sois Vós entre as donas de casa,

R – Porque cuidastes do bem-estar da mais Santa Família!

D – Bendita sois Vós entre as mães aflitas,

R – Porque sofrestes com Cristo a agonia da Cruz!

D – Bendita sois Vós entre as mães solitárias,

R – Porque provastes a solidão da ausência do Filho Amado!

D – Bendita sois Vós entre as mães felizes,

R – Porque a ressurreição de Cristo Vos encheu de alegria!

D – Bendita sois Vós entre os Santos de Deus,

R – Porque és a mais Pura e a mais Santa das mulheres!

D – Bendita sois Vós entre os visitados do Senhor,

R – Porque estáveis presente quando o Espírito de Deus veio aos Apóstolos!

D – Bendita sois Vós entre os bem aventurados,

R – Porque continuais velando pela humanidade

D – Bendita sois Mãe e Rainha do Céu e da terra,

R -  E benditos somos todos nós que possuímos tão Grande Mãe! ....  Amém – Glória ao Pai....

Canto: És Maria, a Virgem que sabe ouvir

2º Mistério – A visita de Nossa Senhora a Sua prima Santa Isabel

Pai Nosso, Ave Maria (10x), Glória

Após a dezena

D - Senhora de Belém, Senhora da noite mais esperada, do Silêncio e da Luz, Senhora da Paz e da esperança, Senhora da simplicidade dos pastores e da claridade dos Anjos que cantam:

R - Glória a Deus nas alturas e paz na terra entre os homens por Ele amados.

D - Que o amor substitua a incompreensão e no amor se faça a verdadeira Paz de Cristo. 

R - Glória a Deus nas alturas e paz na terra entre os homens por Ele amados.

D - Que Jesus nasça em nós e que ao voltar para casa possamos dizer a todos os homens:

R - “Não tenham medo, anunciamos-lhes a boa notícia, a grande alegria para todos. Hoje na cidade de Davi, nasceu para vocês o Salvador, o Messias, o Senhor”.  Assim Seja. Amém!  Glória ao Pai

Canto: Maria, Mãe dos caminhantes 1ª est. - n. 202 - pág. 320

PREPARAÇÃO DO NASCIMENTO DE JESUS

D - Vamos receber agora a imagem do Menino Jesus, tendo à sua frente uma vela acesa. A vela acesa é símbolo da nossa fé em Jesus. Esta fé abre nosso coração à Graça de Deus,

que nos liberta de todos os males.

R - Vem Jesus, com tua luz, renascer na manjedoura viva de nosso coração.

D – Maria e José pedem um lugar em nossa casa para Jesus nascer. Mas é preciso acolher Jesus com fé e torna-lo o centro de nossa vida, de toda a nossa família. 

R – Maria, vem reclinar Jesus em nosso coração, para que Ele seja o alimento de nossa fé.

Oremos: Ó Jesus, vivendo em Maria, vinde viver em Vossos servos e servas, com o espírito de Vossa Santidade com a plenitude de Vossas forças na retidão de Vossos caminhos na verdade de Vossas virtudes na comunhão de Vossos mistérios para dominar as forças adversas com o Vosso Espírito, para a Glória do Pai. Amém

Leitura do Evangelho de São Marcos 1,1-8: “Princípio do Evangelho de Jesus Cristo, Filho de Deus.  Conforme está escrito no profeta Isaías: Eis que envio o meu anjo ante a tua face, o qual preparará o teu caminho diante de ti. Voz que clama no deserto: Preparai o caminho do Senhor, endireitai as suas veredas.  Estava João batizando no deserto e pregando o batismo de penitência para a remissão dos pecados.  E ia ter com ele toda a terra da Judéia e todos os de Jerusalém, e eram batizados por ele no rio Jordão, confessando os seus pecados.  E João andava vestido de pele de camelo e trazia uma cinta de couro em volta dos rins e comia gafanhotos e mel silvestre.  E pregava dizendo:  Vem após mim quem é mas forte do que eu, ao qual eu não sou digno de desatar, prostrado em terra, a correia dos sapatos. Eu tenho-vos batizado em água, ele porém vos batizará no Espírito Santo.”

D - Vem do alto o Verbo do Pai, no tempo eterno.  R - Ao entardecer da terra, vem para salvar.                                         

D - Iluminai a alma que arde, em Vosso amor.       R - Ao som da vossa vinda, purificai a dor.

D - Depois quando vierdes, julgar os corações.    R - Castigo aos pecadores e Vosso Reino aos bons.                                         

D - Do demônio o abraço, queremos escapar.      R - E junto com os beatos, a Vós sempre louvar.            

D - Ao Pai e ao Filho glória ao Espírito também.    R - Louvor honra e vitória nos séculos.  Amém                                           

D - És tu o que há de vir ou devemos esperar outro? 

R - Dizei a João o que vistes: Os cegos veem, os mortos ressuscitam e os pobres são evangelizados, Aleluia.  Amém     

D - Orvalhai do alto, ó céus, e que as nuvens chovam o justo! 

R - Que a terra se abra e germine o Salvador!

Magnificat: Minha alma se gloria no Senhor, e meu espírito exulta de alegria em Deus meu Salvador, porque olhou para a humildade de Sua serva. Doravante todas as gerações hão de chamar-me Bem aventurada porque fez em mim maravilhas Aquele cujo nome é Santo. Sua misericórdia se estende de geração em geração sobre os que O temem. Manifestou o poder de Seu braço e desconcertou os corações dos soberbos.  Derrubou do trono os poderosos e exaltou os humildes, saciou de bens os famintos e despediu de mãos vazias os ricos. Socorreu Israel Seu servo lembrado da Sua misericórdia, conforme prometera a nossos pais em favor de Abraão e de sua descendência para sempre. Amém.

D - Orvalhai do alto, ó céus, e que as nuvens chovam o justo. 

R - Que a terra se abra e germine o Salvador.

Oremos: Benigníssimo Deus de infinita caridade, que tanto amastes os homens, que lhes destes, em Vosso Filho, a maior prenda do Vosso amor para que, feito homem nas entranhas de uma Virgem, nascesse em um presépio para nossa salvação e remédio; eu, pobre mortal, Vos dou infinitas graças por tão soberano benefício. Em troca dele, Vos ofereço a pobreza, a humildade e as demais virtudes do Vosso Filho humanado, suplicando-Vos por Seus divinos méritos, pelo desconforto em que nasceu e pelas ternas lágrimas que derramou no presépio, disponhais nossos corações com humildade profunda, com amor ardente, com tal desprezo de tudo que é terreno, para que Jesus recém nascido encontre neles sua morada eterna. Amém.     

3º Mistério – O nascimento do Menino Jesus na pobre gruta de Belém

Pai Nosso, Ave Maria (10x), Glória

Após a dezena

CONSAGRAÇÃO AO MENINO JESUS

D - Senhor Jesus, Filho eterno de Deus, que vos dignastes conhecer e santificar nossa condição humana, nós Vos adoramos em Vossa Infância e Vos damos graças de nos ter aberto, por ela, o caminho ao Vosso Sagrado Coração.

R - Neste Natal nós nos consagramos a Vós e Vos tomamos por modelo, para que Vosso Pai veja resplandecer em nossas almas a semelhança de Seu Filho amado. Nós Vos suplicamos de nos comunicar as virtudes que praticastes nos trinta anos de Vossa vida escondida, onde queremos buscar o alimento da nossa vida cristã.

D - Ó Menino Jesus, Rei dos corações, nós Vos escolhemos como verdadeiro sacerdote de nosso coração, como Mestre de vida interior, como modelo de obediência e guia no caminho da perfeição.

R - Preservai-nos do espírito do mundo e derramai em nossas almas as graças que transbordam de Vosso Sacratíssimo Coração: a mansidão e a verdadeira humildade; a fé e o amor por Vossa Santa Igreja, perseguida até a morte; o desprezo pelas honras do mundo; a castidade, o espírito de sacrifício e uma caridade fraterna tão sólida que afaste para sempre as divisões, os falatórios e a discórdia.

D - Para tanto, queremos imitar a docilidade do Vosso Coração às inspirações do Divino Espírito Santo e Vossa admiração contemplativa da Vontade do Pai. Dai-nos uma piedade filial, terna e profunda para com Vossa Santa Mãe, que recebeu poder sobre Vós nos dias de Vossa vida mortal.

R - Senhor Jesus, fazei que tudo em nossas vidas seja feito segundo  a  Vontade  de  Deus,  que

saibamos adorar na fé os desígnios de Sua atenção paternal e que nossa vida interior, toda marcada por Vossa presença, mergulhe cada dia mais no Mistério de Amor das Três Pessoas Divinas, onde reinais eternamente com o Pai, na unidade do Espírito Santo. Amém! Glória ao Pai

Canto: Noite Feliz nº 255 na página 335

4º Mistério-Apresentação do Menino Jesus no templo e purificação de Nossa Senhora
Após a dezena:

D - Ó criador dos astros, Ó luz que tudo aquece        R - De todos, Redentor, escuta nossas preces                                                     

D - Ao ver compadecido, do mundo o imenso tédio    R - Só por amor descido, a tudo dás remédio                                    

D - Pois quando já dos tempos, a tarde anoitecia       R – Esposo, tu saíste, do seio de Maria                                                          

D - Ao simples ecoar, do nome Teu eterno                 R - Joelhos vão dobrar, o céu a terra e o inferno                                     

D - Ó Tu que voltarás, para julgar a tudo                     R - Dá-nos agora a graça, na tentação escudo

D - Ao Pai e ao Filho a glória e ao espírito também    R - Louvor honra e vitória nos séculos. Amém!

D - Ó Adonai chefe da casa de Israel que apareceste a Moisés na sarça em fogo e deste-lhe no Sinai a Lei.                       

R - Vinde resgatar-nos com Teu braço poderoso.  Amém – Glória ao Pai....

Canto: Maria, Mãe dos caminhantes 3ª est. - n. 202 - pág. 320

5º Mistério – Perda e encontro do Menino Jesus no Templo

Após a dezena:

D – Filho unigênito, Cristo Redentor                         R - Que estás no princípio, nasce no louvor      

D - Luz esplendor do Pai, de todos a esperança      R - As preces escutai, dos que têm confiança                                              

D - Ó Salvador lembrai, que da Virgem recebeste.  R - Nascendo pobremente, um corpo como o nosso                                

D - O dia presente, que volta no ano                        R - Vem ele do Pai, envolto em panos                    

D - O céu, terra e mar tudo que aí está                     R - Canta com louvor, na vida do Senhor             

D - Lavados que fomos, no Sangue Redentor          R - Cantamos de novo, no Natal do Senhor      

D - Ao Pai e ao Filho a Glória ao Espírito também    R - Louvor honra e vitória nos séculos.  Amém Glória ao Pai

Canto: Mostra-me o caminho, mostra-me a luz, mostra-me Jesus

  1. Mistérios Luminosos ..  Canto: Coração Santo, - 138 - pág. 302
  2. Mistérios Dolorosos ...  Canto: Vitória, tu reinarás - 125 - pág. 299
  3. Mistérios Gloriosos ..... Canto: Quem é essa mulher - 196 - pág. 319
  1. Coroinha de Nossa Senhora - Canto: Todas as geraçõesnº 206

INTERVALO

  1. Terço do Amor
  1.  ADORAÇÃO AO SANTÍSSIMO SACRAMENTO ....  Canto: Eu te louvarei Senhor

7.1 - Terço do Santíssimo Sacramento - nº179 - pág.101 – Canto: Todo joelho se dobrará

  1. - As 15 Orações de Santa Brígida – nº 247 página 157 – Canto: n. 104 - pág. 292

7.4 - Terço da Misericórdia - nº 215 na página 131   -

Canto: n. 102 - pág. 292

7.5 - BÊNÇÃO SANTÍSSIMO SACRAMENTO - Canto: Tão sublime

  1. SANTA MISSA

9. NOITE BRANCA - VISITAÇÃO

Este evento significa a visita de Nossa Senhora à sua prima Santa Isabel quando as duas se achavam grávidas.

Disse Isabel: “Bendita és Tu  entre as mulheres, e bendito é o fruto do Teu ventre. De onde me vem a honra de que a Mãe de meu Senhor me visite?" (Lc 1, 41-43)

Foram realizadas 7 visitas começando pelas nossas 3 casas internas e mais 4 externas. O grupo foi composto por cerca de 20 pessoas.

As famílias visitadas foram previamente agendadas  e representam nesta visita de Nossa Senhora que quer visitar as pessoas em suas casas.

Três pessoas do grupo entraram nas casas com a imagem de Nossa Senhora, acompanhadas de uma vela acesa e abençoaram as casas com água benta, e entregaram aos donos uma lembrança, enquanto as outras pessoas do grupo rezaram e cantaram em frente das casa.

A Paz de Jesus e o Amor de Maria

 

 

 

 

 
 
 

Artigo Visto: 432 - Impresso: 13 - Enviado: 6
Ajude a manter a nossa obra de evangelização e o nosso site no ar, faça uma doação.

ATENÇÃO! Todos os artigos disponíveis neste sítio são de livre cópia e difusão deste que sempre sejam citados a fonte www.cidadaosdoinfinito.com.br

 

 
Visitas Únicas Hoje: 55 - Total Visitas Únicas: 271519 - Usuários online: 14