COMUNIDADES DE VIDA E ORAÇÃO - Vigiai, porque não sabeis a hora em que virá o Senhor (Mateus 24,42)
Documento sem título
 




 
 
07/12/2012
SINAL DOS TEMPOS
Suécia com uma juventude atolada nas drogas e no sexo
 

06.12.2012 - “Então se cumpriu o que foi dito pelo profeta Jeremias: Ouviu-se uma voz em Ramá, choro e grande lamentação, Raquel chorando por seus filhos, e recusando ser consolada, porque já não existem”(Jr 31:15)


O profeta Jeremias profetizou a matança dos inocentes seiscentos anos antes. Ao passarem por Jerusalém os magos do oriente perguntavam onde estava o recém nascido rei dos judeus porque vieram adorá-lo. Herodes indagou primeiro dos sacerdotes onde havia de nascer o Cristo e lhe foi respondido que seria em Belém conforme a profecia do profeta Miquéias (Mq 5:2). Pediu, depois, aos reis do oriente, que o informassem do local exato onde havia nascido o menino porque também queria adorá-lo. Mas os magos foram advertidos em sonhos para não voltarem a Herodes.


O anjo do Senhor, então apareceu a José e orientou-o a levar sua família para o Egito. “Tendo eles partido, o anjo do Senhor apareceu a José em sonhos, e disse: Levanta-te, toma o menino e sua mãe, e foge para o Egito. Fica-te lá até que eu te avise, pois Herodes há de procurar o menino para o matar. Levantando-se ele, tomou de noite o menino e sua mãe, e foi para o Egito.”(Mt 2:13-14).


Desde seus primeiros dias Jesus foi perseguido. Queriam tirar-lhe a vida. Na idade adulta foi perseguido pelos fariseus e pelos sacerdotes até a crucificação. Depois de sua morte a perseguição foi dirigida aos apóstolos e a todos os seus seguidores. O próprio Jesus predisse a perseguição: “Eu vos envio como ovelhas ao meio de lobos. Portanto sede prudentes como as serpentes e simples como as pombas. Acautelai-vos, porém dos homens, eles vos entregarão aos tribunais e vos açoitarão nas suas sinagogas. Sereis até conduzidos à presença de governadores e de reis por minha causa, para lhes servir de testemunho, a eles e aos gentios. Mas, quando vos entregarem, não fiqueis preocupados como, ou o que haveis de falar. Naquela mesma hora vos será concedido o que haveis de dizer, pois não sois vós que falareis, mas o Espírito de vosso Pai é quem fala por vós. Um irmão entregará o outro irmão, e o pai ao filho; e os filhos se levantarão contra os pais, e os matarão. E odiados por todos sereis por causa do meu nome, mas aquele que perseverar até o fim será salvo.”(Mt 10:16-22).


Dois mil anos já passaram e as perseguições continuam. Agora mesmo, nas vésperas do Natal de 2012, cristãos em várias partes do mundo estão sendo perseguidos.


Os jornais do dia 30 de novembro noticiaram que o Ministério Público Federal ingressou com uma ação judicial para que fosse retirada a expressão “Deus seja louvado” das cédulas do papel moeda. Para conforto nosso uma juíza federal em São Paulo (Dra. Diana Brunstein) indeferiu o pedido de liminar. Oremos para que Deus cuide da vida dessa juíza e que possa proferir uma sentença justa ao final do processo.


Fiquem atentos, aqui mesmo no Brasil, já começou a perseguição. Em muitos colégios e hospitais já não permitem que entremos para distribuir Novos Testamentos. Hospitais estão fechando os serviços de capelania. O crucifixo já não pode estar nas salas de repartições públicas no Rio Grande do Sul.


Na Suécia, um dos países mais avançados do mundo, no dia 28 de novembro último, o governo proibiu a menção do nome de Jesus Cristo às crianças mesmo nas igrejas. Um comentarista português, com amargo humor, disse que seria o mesmo que levar crianças a visitar vinícolas onde fosse proibido falar de vinho.


Na verdade, o governo sueco pretende matar a espiritualidade, a tradição e a própria história do povo sueco.


Detentor de um dos mais altos índices de suicídio do mundo, com uma juventude atolada nas drogas e no sexo sem controle, a Suécia baniu os feriados cristãos do seu calendário mas tem prestigiado os muçulmanos permitindo a imigração de mulheres islamitas em larga escala. Pode-se prever o que acontecerá na Suécia nos próximos anos...


Por Renato Melillo Filho



 
 
 

Artigo Visto: 1184 - Impresso: 42 - Enviado: 32
Ajude a manter a nossa obra de evangelização e o nosso site no ar, faça uma doação.

ATENÇÃO! Todos os artigos disponíveis neste sítio são de livre cópia e difusão deste que sempre sejam citados a fonte www.cidadaosdoinfinito.com.br

 

 
Visitas Únicas Hoje: 192 - Total Visitas Únicas: 316374 - Usuários online: 20