COMUNIDADES DE VIDA E ORAÇÃO - Vigiai, porque não sabeis a hora em que virá o Senhor (Mateus 24,42)
Documento sem título
 




 
 
09/02/2012
A IGREJA OBSTACULIZADA NA SUA MISSÃO
 

Igreja constituída por Cristo é uma só: Igreja Santa Católica Apostólica Romana

Igreja que aparentemente é livre, mas na verdade é obstaculada na sua missão, pelo espalhar-se:

.Do ateísmo prático: que sempre mais se difunde no interior da Igreja, levando muitos Sacerdotes, religiosos, bispos e leigos a abandonarem a fé e se transformarem em apóstatas da religião verdadeira. Infidelidade que cresce como maré e que afoga as almas.

.Do nihilismo entre os jovens, pelo qual, muitos deles rejeitam a religião e assim tão escassas são as novas vocações à vida religiosa e sacerdotal.

.Do falso ecumenismo, que leva à aceitação de todas as Igrejas cristãs, afirmando que cada uma delas possui uma parte de verdade.

.Do projeto de fundar uma Igreja Ecumênica Universal, formada pela fusão de todos os credos cristãos, entre os quais a Igreja Católica.

.Das seitas: igrejas que se dedicam ao culto de espíritos, onde os erros são difundidos, ensinados e seguidos fazendo as seitas se multiplicarem cada vez mais em toda parte... e das quais fazem parte até Sacerdotes que já não são conduzidos pelo bom espírito do Evangelho: espírito de humildade, de caridade e zelo pela Glória de Deus... e que por tantas e enganosas maneiras, procuram atacar a piedade eclesial para com o Sacramento da Eucaristia. Valorizando só o aspecto de Ceia, minimizando o valor do Sacrifício, negando a presença Real e Pessoal de Jesus nas Hóstias Consagradas. Sacerdotes que gradualmente, foram suprimindo todos os sinais externos, indicativos, da fé na presença real de Jesus na Eucaristia, como as genuflexões, as horas de adoração pública, o costume de circundar o Tabernáculo com luzes e flores.

Juntos lúcifer vermelho e satanás invadiram a Igreja, e faz com que ela se encontre:

. Obscurecida na sua santidade ameaçada pela grande apostasia que se espalhou e cujos erros ensinados e propagados, são acolhidos pela maioria, sem mais nenhuma reação. Muitos já perderam a verdadeira fé em Cristo e no seu Evangelho.

A Santa Lei de Deus é abertamente violada. O Pecado é cometido e com freqüência é também justificado; não é mais apresentado como um mal, mas como um valor e um bem. Antes até aconselha-se a cometê-lo, destruindo a raiz da qual pode nascer o arrependimento e se diz que não é mais necessário confessá-lo. E assim perde-se a luz da Graça e da presença divina; e as almas tornam-se escravas do mal e de satanás. Fruto pernicioso deste maldito câncer, é o desaparecimento da Confissão individual em algumas localidades e a expansão da confissão comunitária... Quando ainda há!

. Dilacerada na sua Unidade. A unidade é profundamente rompida pelas fortes contestações (recusa) ao Magistério, sobretudo ao Papa, e se estende sempre mais a chaga de dolorosas lacerações e prepara-se um verdadeiro Cisma que logo se tornará aberto e proclamado, será consumado; quando no afastamento geral do “Evangelho e da verdadeira fé”. Permanecerá então apenas um pequeno resto fiel.

O Santo Padre Papa Bento XVI. Grandes ofensas são atiradas ao Vaticano e o Papa é vítima, por causa da tradição dos filhos Consagrados à Santa Mãe de Deus Maria. Há uma constante procura em destruir o fundamento da Unidade da Igreja com ataques traiçoeiros e insidiosos ao Papa. Urdindo as tramas da dissensão e da contestação ao Papa: há aqueles que sustentam e premiam aqueles que o vilipendiam e lhe desobedecem e aos que propagam também as críticas e as oposições de Bispos, Cardeais e teólogos que se atritam com o Papa.

Já acontecem muitas traições contra ele. Eles o atacam, caluniam; preparam uma censura à sua dignidade para fazer-lhe mal. Está rodeado de pessoas perigosas que contribuem para que seja demolido o fundamento da sua Unidade e para que a Igreja seja cada vez mais dilacerada e dividida. 

Será acusado e maltratado e dias de amargura virão para Santo Padre. Sofrerá muito; será afastado e por um tempo a Igreja será entregue a perseguição - será o tempo das trevas. A crise da Igreja será medonha. Esquecerão a santa fé de Deus e cada individuo quererá governar-se por si mesmo e ser superior aos seus semelhantes.

Os PASTORES que NÃO estão UNIDOS ao PAPA e cuja única preocupação é voltar-se exclusivamente aos problemas sociais; são verdadeiros demônios que pregam outro evangelho, contrário ao do Verdadeiro Jesus Cristo, negando a existência do Céu e das almas dos condenados; esquecendo-se de que Jesus morreu na Cruz e ressuscitou para obter-nos o grande dom da Redenção e para salvar as almas. Negam ainda a realidade histórica dos Milagres e colocam em dúvida a própria divindade de Jesus e Sua missão salvífica; e vão assim difundindo sempre mais o ensino da Teologia da Libertação, que é uma verdadeira traição a Cristo e ao seu Evangelho...

Querem destruir Cristo e Sua Igreja, para construir novo ídolo: falso Cristo e falsa Igreja. E estes homens-demônios farão prodígios extraordinários na terra e no ar, porque a fé verdadeira já terá se extinguido e a falsa luz já estará a iluminar o mundo.






 
 
 

Artigo Visto: 623 - Impresso: 25 - Enviado: 11
Ajude a manter a nossa obra de evangelização e o nosso site no ar, faça uma doação.

ATENÇÃO! Todos os artigos disponíveis neste sítio são de livre cópia e difusão deste que sempre sejam citados a fonte www.cidadaosdoinfinito.com.br

 

 
Visitas Únicas Hoje: 133 - Total Visitas Únicas: 254160 - Usuários online: 14