COMUNIDADES DE VIDA E ORAÇÃO - Vigiai, porque não sabeis a hora em que virá o Senhor (Mateus 24,42)
Documento sem título
 




 
 
10/01/2012
RETIRO SOBRE A CRIAÇÃO DO MUNDO
Gênesis 1, 1-31
 

Muitas vezes podemos ter questionado: “O que é retiro?”

...Retiro é “experiência” de luz... ”elevação” do entendimento.

É experiência, porque não é um tratado.

É elevação, porque o entendimento cede lugar à oração!

...Retiro é um drama interno... é sempre sub-entendida uma atuação direta do Espírito Santo... Há um constante domínio do desejo interior, que é dom de Deus; é um desejo assimilador, porque está sempre caído para o lado de Cristo, como Ele é.

...Retiro é uma grande expectativa: ... que Deus me comunique diretamente a Sua Vontade concreta! Para tanto é indispensável estar “COM CRISTO”!

 

Leitura da Bíblia

Gênesis 1, 1-31

A Criação

No princípio, criou Deus os céus e a terra. A terra estava informe (sem forma) e vazia; as trevas cobriam o abismo e o Espírito de Deus pairava sobre as águas.

Disse Deus “Faça-se a luz!” E a luz foi feita. Deus viu que a luz era boa, e separou a luz das trevas. Deus chamou à luz DIA, e às trevas NOITE. Sobreveio a tarde e depois a manhã: foi o primeiro dia.

Deus disse: “Faça-se um firmamento entre (no meio das) as águas, e separe ele umas das outras” (fez separação entre águas e águas).

Deus fez o firmamento e separou as águas que estavam debaixo do firmamento daquelas que estavam por cima. E assim se fez, Deus chamou ao firmamento CÉUS. Sobreveio a tarde e depois a manhã: foi o segundo dia.

DEUS disse: “Que as águas que estão debaixo dos céus se ajuntem num mesmo lugar, e apareça o elemento árido (seco)”. E assim se fez. Deus chamou ao elemento árido TERRA, e ao ajuntamento das águas MAR. E Deus viu que isso era bom.

Deus disse: “Produza a terra plantas, ervas que contenham sementes e árvores frutíferas que dêem fruto segundo a sua espécie e o fruto contenha a sua semente.” E assim foi feito. A terra produziu plantas, ervas que contêm semente segundo a sua espécie, e árvores que produzem fruto segundo a sua espécie, contendo o fruto a sua semente. E Deus viu que isso era bom. Sobreveio a tarde e depois a manhã: foi o terceiro dia.

Deus disse: “Façam-se luzeiros no firmamento dos céus para separar o dia da noite; sirvam eles de sinais e marquem o tempo, os dias e os anos; e resplandeçam no firmamento dos céus para iluminar a terra”. E assim se fez. Deus fez os dois grandes luzeiros: o maior para presidir ao dia, e o menor para presidir à noite; e fez também as estrelas. Deus colocou-os no firmamento dos céus para que iluminassem a terra, presidissem ao dia e à noite, e separassem a luz das trevas. E Deus viu que isso era bom. Sobreveio a tarde e depois a manhã: Foi o quarto dia.

Deus disse: “Pululem as águas de uma multidão de seres vivos, e voem aves sobre a terra, debaixo do firmamento dos céus.” Deus criou os monstros marinhos e toda a multidão de seres vivos que enchem as águas, segundo a sua espécie, e todas as aves segundo à sua espécie. E Deus viu que isso era bom. E Deus abençoou: “Frutificai, disse ele, e multiplicai-vos, e enchei as águas do mar, e que as aves se multipliquem sobre a terra”. Sobreveio a tarde e depois a manhã: foi o quinto dia.

Deus disse: “Produza a terra seres vivos segundo a sua espécie; animais domésticos, répteis e animais selvagens segundo a sua espécie”. E assim se fez. Deus fez os animais selvagens, segundo a sua espécie, os animais domésticos igualmente, e da mesma forma todos os animais que se arrastam sobre a terra. E Deus viu que isso era bom.

Então Deus disse: “Façamos o homem à nossa imagem e semelhança. Que ele reine sobre os peixes do mar, sobre as aves dos céus, sobre os animais domésticos e sobre toda a terra, e sobre todos os répteis que se arrastam sobre a terra.” Deus criou o homem a sua imagem; criou-o a imagem de Deus, criou o homem e a mulher. Deus os abençoou: “Frutificai, disse ele, e multiplicai-vos, enchei a terra e submetei-a. Dominai sobre os peixes do mar, sobre as aves dos céus e sobre todos os animais que se arrastam sobre a terra”. Deus disse: “Eis que eu vos dou toda a erva que dá semente sobre a terra, e todas as árvores frutíferas que contêm em si mesmas a sua semente, para que vos sirvam de alimento. E a todos os animais da terra, a todas as aves dos céus, a tudo o que se arrasta sobre a terra, e em que haja sopro de vida, eu dou toda a erva verde por alimento”.

“E assim se fez. Deus contemplou toda a sua obra, e viu que tudo era muito bom. Sobreveio a tarde e depois a manhã: foi o sexto dia”.

Gênesis 2,4 “Assim foram acabados os céus, a terra e todo o seu exército. Tendo Deus terminado no sétimo dia a obra que tinha feito, descansou do seu trabalho. Ele abençoou o sétimo dia e o consagrou, porque nesse dia repousara de toda a obra da Criação”.

Tal é a história da criação dos céus e da terra.

 MEDITAÇÃO

Já paramos para pensar na Obra da Criação? Em como Deus pensou milimetricamente em cada detalhe, em cada ato que Ele realizou? E que Ele fez tudo com Infinito Amor e por amor a nós? Para a Sua Glória sem fim! Já O agradecemos por isso? Já observamos as flores, as árvores, o vento, à água, a chuva, o céu, a terra, as frutas, os animais, os peixes, as aves enfim tudo que há na natureza? Ou reclamamos sempre de tudo? Do mosquito que zumbe, do pássaro que canta, da chuva que cai, do vento que sopra, da terra, do barro? Mesmo Deus tendo feito tudo muito bem e sendo por natureza tão Bom! Muitas vezes somos tão ingratos!!!

Ah, não podemos esquecer também dos homens criados por Ele à Sua Imagem e Semelhança! Nos importamos com os outros que Deus coloca em nosso caminho?

Estamos sempre cercados pelos cuidados divinos. Somos a criatura mais perfeita da Criação, a única a quem Deus deu um corpo, um espírito e uma alma imortal. Não há homens sem alma, até mesmo os animais Deus dotou-os de uma alma, porém mortal. Mas nós homens somos o único ser criado por Deus a quem Ele dotou a alma com potências perfeitas à Sua Imagem: memória, entendimento e vontade. Somos o único ser dotado de inteligência e vontade.

Sim! DEUS criou as flores para glorificá-LO, as estrelas para cintilar Sua Glória, os pássaros para cantar Seus louvores... e o homem para O amar...somos o único ser criado por Deus capaz de conhecer e amar... Somos carne e osso, somos matéria que ocupa o espaço e o tempo, porém existimos como matéria e espírito e pelo espírito é que conhecemos e amamos, por isto somos capazes de entender as realidades espirituais.

DEUS nos ama com Amor Eterno, ama mesmo ao maior pecador, Ele só não ama o pecado.

Deus nos presenteou com tantos dons na espera que nós também O amemos em retribuição pelos dons que Ele nos deu. E devemos orientar todos esses dons especialmente os dons do Espírito Santo: Temor de Deus, fortaleza, piedade, conselho, ciência, inteligência e sabedoria para o bem, para Deus.

Lembremo-nos sempre que o que somos não é por méritos pessoais e sim pela graça de Deus. Deus nos deu os dons por pura gratuidade, e dá-nos também a liberdade, pois Ele não obriga ninguém a nada.

E nós podemos escolher o Caminho:

Sim! Caminho estreito, solitário, cheio de críticas, escárnios, sem muitos amigos, mas com Deus.

Não! Caminho largo, repleto Dos esplendores deste mundo, com elogios, glórias, muitos amigos, mas sem Deus.

O pecado é o não à Deus, isto  é a única coisa que deve entristecer-nos.

E a nós chamados por Ele à uma Missão Celeste? Cabe-nos ainda mais fazer jus aos dons que Ele nos deu, usando-os bem e para o bem, não só nosso, mas de muitos e muitos filhos de Deus! O coração é o âmago do homem. Conquistar o coração significa conquistar o homem todo para Deus.

Há dois corações perfeitos que nos ajudam a conquistar o coração do homem para Deus:

1.     O Coração de Nosso Senhor Jesus Cristo – Centro do Verbo incriado- Coração Divino- de natureza divina e humana- o mais perfeito!

2.    O Coração de Maria, nossa Mãezinha – criado- de natureza humana- porém é o mais perfeito que há.

Em Gênesis 3,15 – DEUS nos deu uma promessa. Já anunciava o envio do Seu Filho Jesus através de uma mulher, de uma Virgem, através de Maria – a Arca da Aliança.

Nosso Senhor Jesus Cristo, enviado do Pai, deu o SIM a encarnação:
 “Eis que venho, venho ó Deus, para fazer Vossa Vontade” (São Paulo)

Maria Santíssima, nossa Mãezinha, disse SIM a encarnação:
 “Eis aqui a serva do Senhor faça-se em mim segundo a Vossa Palavra”

Nosso Senhor Jesus Cristo nos pediu almas:

-“Tenho sede!”

Sede de almas!

Não podemos deixá-LO com o fel amargo das almas quase perdidas, devemos resgatá-las e devolvê-las à Deus, saciando assim a Sede de Almas.

E Deus está a espera do nosso sim à ELE!

Ele está a porta e bate, em cada um de nós pecadores e espera que a porta Lhe seja aberta... para permanecer conosco sempre... para habitar dentro de nós, transformando nossa alma num Céu.

Sim! Até que a Santíssima Trindade habite em nós!

Para isto é preciso ter nossa vontade presa no Amor de Deus e na Santíssima Vontade DELE... Devemos ser como a criancinha que tendo a boca presa no seio da mãe está atenta a tudo que passa em sua volta.

Só quem realmente ama conhece DEUS, porque Ele é Amor. Se não amamos a Deus não O conhecemos, mesmo que elaboremos muitas idéias a Seu respeito e nos dirijamos todos os dias a Ele, em oração. Na santa União com Deus e na obediência  cega à ELE, aprendemos a amar.

Só amando Lhe saciaremos a sede de almas.

Como isto pode acontecer? É preciso sempre procurar o Sacramento da Confissão, transformar nosso interior. Nosso Senhor disse que o pecado é levado à alma por meio do corpo e o corpo é movido pela vontade (Mateus 5,29-30). O pecado sai do fundo do nosso ser, do nosso coração (Marcos 1,14-15). É preciso estarmos sempre em constante estado de graça, para não cairmos nos laços e ardis de satanás. Ele enganou os primeiros homens e ainda hoje engana à milhares, com sua perniciosidade, astúcia e manhas, ainda hoje ele leva os homens a acreditarem que alcançarão a felicidade por suas próprias forças. Muitas vezes satanás insinua as coisas na espera de ouvir resposta clara quanto ao que o Bom Deus espera de nós: “É verdade que Deus vos proibiu comer do fruto de toda árvore do jardim”? E não raras vezes o homem lhe ouve e até o ensina como agir, respondendo: “Podemos comer do fruto das árvores do jardim. Mas do fruto da árvore que está no meio do jardim, Deus disse: Vós não comereis dele, nem o tocareis, para que não morrais”.

Não pensemos que foram somente Adão e Eva que caíram quando se deixaram seduzir pela tentação: “Oh, não! – tornou a serpente- vós não morrereis! Mas Deus bem sabe que, no dia em que dela comerdes, vossos olhos se abrirão, e sereis como deuses, conhecedores do bem e do mal”.

Sim! O homem tornou-se conhecedor do bem e do mal, o pecado – afastamento de Deus, foi cometido pela desobediência do homem à DEUS... e até o Fim do Tempo, a primeira coisa na qual satanás sempre trabalhará é para romper a união da alma com DEUS, romper os laços do amor e da graça, com o pecado, através do pecado, através da desobediência do homem à DEUS.

Adão e Eva caíram nas astúcias de satanás e trouxeram o pecado ao mundo, através deles chegou a ruptura entre Deus e os homens... e começou toda destruição do mundo pelos homens e a desfiguração da Imagem e semelhança. O homem passou a não mais dominar a vontade que dirige as potências da alma de modos diversos.

Hoje satanás através dos pecados veniais acumulados e de um único pecado mortal, rompe a união da alma com Deus. Os pecados veniais à medida que se acumulam vão ofuscando a alma até que fazer o homem cair num pecado mortal... sem perceber até!... E sem a graça santificante, ele faz da pessoa uma presa, um meio fácil de levar adiante seus planos. Assim como fez com Adão e Eva, ele domina a vontade de sua presa; é como as serpentes.

Ele veda o entendimento, cega e seduz como fez com Adão e Eva: “Sereis outros deuses...”, com os homens ele faz o mesmo, usa de suas presas (homens) incute idéias boas, dá mostras de que Deus quer isto e deve ser feito de uma forma que na verdade contradiz o que o Bom Deus na realidade espera e ainda leva muitos a dizerem que é para o bem de muitos... e não raro distorce as coisas, levando outros homens a crer que agir como pensam é sinal que estão praticando o amor... a caridade... que estão certos!

Em suma: satanás oferta o mel e depois dá o amargo sabor do fel. Com Adão e Eva foi assim: “vejam...vejam!” os atraiu, eles caíram, porque fizeram a vontade de satanás e o que lhes restou? O paraíso? Lógico que não, apenas o fel... o amargo sabor do ter pecado, do ter desobedecido a Deus.

Somos peregrinos neste mundo. Estamos entre Céu e o inferno. Se andarmos neste mundo com o demônio, é claro que iremos acabar convivendo com ele, assemelhando-nos a ele.

E há muitos homens que não raras vezes fazem a vontade da serpente - de Lúcifer, induzindo outros a agirem de: “uma melhor forma” pensando e até dizendo: “ ser esta a melhor forma de agir , pois Deus aceita!”. E depois? Se não cumprirmos exatamente o que o Bom Deus nos pede e espera de nós, o que nos restará?

São Paulo nos exorta: “Quem estiver de pé, cuide para não cair”

São Pedro nos exorta a sermos sóbrios e vigilantes: “Vosso adversário, o demônio, anda ao redor de vós como leão que ruge, buscando a quem devorar. Resisti-lhe fortes na fé. Vós sabeis que vossos irmãos, que estão espalhados pelo mundo, sofrem os mesmos padecimentos que vós”(1 Pd 5,8ss)

DEUS é Misericórdia, DEUS é Amor, mas DEUS é também Justo e na mesma medida e Sua Ira Divina está por vir.

Mas alegremo-nos!

O Bom Deus é tão bom, mesmo que por vezes dói ao homem, ver que ele não se encontra no caminho reto-estreito ainda e que ele nem sempre faz a Santíssima Vontade de Deus... ELE ainda vem em nosso socorro! Alegremo-nos por isso e O agradeçamos por nos alertar sempre!


Fonte: www.comunidadesdeamor.com






 
 
 

Artigo Visto: 834 - Impresso: 57 - Enviado: 20
Ajude a manter a nossa obra de evangelização e o nosso site no ar, faça uma doação.

ATENÇÃO! Todos os artigos disponíveis neste sítio são de livre cópia e difusão deste que sempre sejam citados a fonte www.cidadaosdoinfinito.com.br

 

 
Visitas Únicas Hoje: 194 - Total Visitas Únicas: 300459 - Usuários online: 24