COMUNIDADES DE VIDA E ORAÇÃO - Vigiai, porque não sabeis a hora em que virá o Senhor (Mateus 24,42)
Documento sem título
 




 
 
31/12/2011
FESTA DA DIVINA MISERICÓRDIA
Por que Festa da Divina Misericórdia?
 
No Diário de Santa Faustina, o próprio Jesus faz pelo menos quinze pedidos para que seja estabelecida, em toda a Igreja, oficialmente, a "Festa da Misericórdia". Jesus diz:


Desejo que a Festa da Misericórdia seja refúgio e abrigo para todas as almas, especialmente para os pecadores. Neste dia, estão abertas as entranhas da Minha misericórdia. Derramo todo um mar de graças sobre as almas que se aproximam da fonte da Minha misericórdia. A alma que se confessar e comungar alcançará o perdão das culpas e das penas. Nesse dia, estão abertas todas as comportas divinas, pelas quais fluem as graças.

Que nenhuma alma tenha medo de se aproximar de Mim, ainda que seus pecados sejam como o escarlate. A minha misericórdia é tão grande que, por toda a eternidade, nenhuma mente, nem humana, nem angélica a aprofundará. Tudo o que existe saiu das entranhas da Minha misericórdia. Toda alma contemplará em relação a Mim, por toda a eternidade, todo o Meu amor e a Minha misericórdia. A Festa da Misericórdia saiu das Minhas entranhas. Desejo que seja celebrada solenemente no primeiro domingo da Páscoa. A humanidade não terá paz enquanto não se voltar à fonte da Minha Misericórdia (Diário, 699).

Entre todas as manifestações exteriores da Devoção, a Festa da Misericórdia ocupa o primeiro lugar.

Jesus falou sobre esta Festa já na primeira revelação:

Quero que essa Imagem, que pintarás com o pincel, seja benzida solenemente no primeiro domingo depois da Páscoa, e esse domingo deve ser a Festa da Misericórdia (Diário, 49).


Jesus relacionou com a esta Festa uma graça especial: o perdão de todas as culpas e penas. Esta graça prometida por Jesus é algo muito maior do que a indulgência plenária, é uma da graças que recebemos no Batismo. Além da exigência da confiança, a promessa foi relacionada diretamente com a santa Eucaristia, recebida neste dia. Isso pressupõe evidentemente o sacramento da penitência, recebido antes.

A alma que se confessar e comungar alcançará o perdão das culpas e das penas
(Diário, 699)

A Festa tem também a dimensão escatológica bem acentuada. Jesus defina a Festa como \"última tábua da salvação e sugere, portanto como um momento excepcional da atuação de Cristo Misericordioso:

As almas se perdem, apesar da Minha amarga Paixão. Estou lhes dando a última tábua de salvação, isto é, a Festa da Minha Misericórdia. Se não venerarem a Minha misericórdia, perecerão por toda a eternidade. - Secretária da Minha misericórdia, escreve, fala às almas desta Minha grande misericórdia, porque está próximo o dia terrível, o dia da Minha justiça (Diário, 965).


O assunto da pregação, nesta Festa, deve ser a Misericórdia de Deus que, por sua natureza se volta para os mais fracos, mais necessitados, isto é para os pecadores. Deve portanto despertar e estimular todos e especialmente os pecadores a uma grande confiança em Deus, que \"entregou o Seu Filho único, para todo o que nele crer não pereça, mas tenha a vida eterna.

Desejo que a Festa da Misericórdia seja refúgio e abrigo para todas as almas, especialmente para os pecadores... A alma que se confessar e comungar alcançará o perdão das culpas e das penas... Que nenhuma alma tenha medo de se aproximar de Mim, ainda que seus pecados sejam como o escarlate (Diário, 699).

A Festa da Misericórdia deve ser comemorada no segundo domingo da Páscoa. A escolha desse domingo, bem como o desejo expresso por Jesus de que nesse dia os sacerdotes façam sermões sobre a Misericórdia Divina, indica que Jesus vê uma relação estreita entre o mistério pascal da nossa Redenção e essa Festa. Ela nos convida a refletirmos sobre o mistério da nossa Redenção como maior manifestação da Misericórdia Divina diante de nós. Essa relação entre a Festa da Misericórdia e o mistério da Redenção foi também precedida pela Santa Faustina, quando escrevia em 1935: \"Agora vejo que a obra da Redenção está ligada com a obra da misericórdia que o Senhor está exigindo\" (Diário, 89)



NOVENA DA DIVINA MISERICÓRIDA


Primeiro dia


Hoje traze-me a humanidade inteira, especialmente todos os pecadores e mergulha-os no oceano da minha Misericórdia. Com isso Me consolarás na amarga tristeza em que Me afunda a perda das almas.
Misericordiosíssimo Jesus, de quem é próprio ter compaixão de nós e nos perdoar, não olheis os nossos pecados, mas a confiança que depositamos em Vossa infinita bondade. Acolhei-nos na mansão do vosso compassivo Coração e nunca nos deixeis sair dele. Nós vo-lo pedimos pelo amor que Vos une ao Pai e ao Espírito Santo.
Eterno Pai, olhai com misericórdia para toda humanidade, encerrada no Coração compassivo de Jesus, mas especialmente para os pobres pecadores. Pela Sua dolorosa Paixão, mostrai-nos a Vossa Misericórdia, para que glorifiquemos a onipotência da Vossa Misericórdia, por toda a eternidade. Amém.

Segundo dia

Hoje traze-Me as almas dos sacerdotes e religiosos e mergulha-as na minha insondável Misericórdia. Elas Me deram força para suportar a amarga Paixão. Por elas, como por canais, corre para a humanidade a minha Misericórdia.
Misericordiosíssimo Jesus, de quem provém tudo que é bom, aumentai em nós a graça, para que pratiquemos dignas obras de misericórdia, a fim de que aqueles que olham para nós, glorifiquem o Pai da Misericórdia que está no Céu.
Eterno Pai, dirigi o olhar da vossa Misericórdia para a porção eleita da vossa vinha: para as almas dos sacerdotes e religiosos. Concedei-lhes o poder da vossa bênção e, pelos sentimentos do Coração de vosso Filho, no qual estão encerradas, dai-lhes a força da vossa luz, para que possam guiar os outros nos caminhos da salvação e juntamente com eles cantar a glória da vossa insondável Misericórdia, por toda a eternidade. Amém.

Terceiro dia

Hoje traze-Me todas as almas piedosas e fiéis e mergulha-as no oceano da minha Misericórdia. Estas almas consolaram-Me na Via-sacra; foram aquela gota de consolações em meio ao mar de amarguras.
Misericordiosíssimo Jesus, que concedeis prodigamente a todas as graças do tesouro da vossa Misericórdia, acolhei-nos na mansão do vosso compassivo Coração e não nos deixeis sair dele pelos séculos; suplicamo-Vos pelo amor inconcebível de que está inflamado o vosso Coração para com o Pai Celestial.
Eterno Pai, olhai com Misericórdia para as almas fiéis, como a herança do vosso Filho. Pela sua dolorosa Paixão concedei-lhes a vossa bênção e cercai-as da vossa incessante proteção, para que não percam o amor e o tesouro da santa fé, mas com toda a multidão dos Anjos e dos Santos glorifiquem a vossa imensa Misericórdia, por toda a eternidade. Amém.

Quarto dia

Hoje traze-Me os pagãos e aqueles que ainda não Me conhecem e nos quais pensei na minha amarga Paixão. O seu futuro zelo consolou o meu Coração. Mergulha-os no mar da minha Misericórdia.
Misericordiosíssimo Jesus, que sois a luz de todo o mundo, aceitai na mansão do vosso compassivo Coração as almas dos pagãos que ainda não Vos conhecem. Que os raios da vossa graça os iluminem para que também eles, juntamente conosco, glorifiquem as maravilhas da vossa Misericórdia e não os deixeis sair da mansão do vosso compassivo Coração.
Eterno Pai, olhai com Misericórdia para as almas dos pagãos e daqueles que ainda não Vos conhecem e que estão encerrados no Coração compassivo de Jesus. Atraí-as ? luz do Evangelho. Essas almas não sabem que grande felicidade é amar-Vos. Fazei com que também elas glorifiquem a riqueza da vossa Misericórdia, por toda a eternidade. Amém.

Quinto dia

Hoje traze-Me as almas dos Cristãos separados da Unidade da Igreja e mergulha-as no mar da minha Misericórdia. Na minha amarga Paixão dilaceravam o meu Corpo e o meu Coração, isto é, a minha Igreja. Quando voltam à unidade da Igreja, cicatrizam-se as minhas Chagas e dessa maneira eles aliviam a minha Paixão.
Misericordiosíssimo Jesus que sois a própria Bondade, Vós não negais a luz àqueles que Vos pedem, aceitai na mansão do vosso compassivo Coração as almas dos nossos irmãos separados, e atraí-os pela vossa luz ? unidade da Igreja e não os deixeis sair da mansão do vosso compassivo Coração, mas fazei com que também eles glorifiquem a riqueza da vossa Misericórdia.
Eterno Pai, olhai com Misericórdia para as almas dos nossos irmãos separados que esbanjaram os vossos bens e abusaram das vossas graças, permanecendo teimosamente nos seus erros. Não olheis para os seus erros, mas para o amor do vosso Filho e para a sua amarga Paixão, que suportou por eles, pois também eles estão encerrados no Coração compassivo de Jesus. Fazei com que também eles glorifiquem a vossa Misericórdia por toda a eternidade. Amém.

Sexto dia


Hoje traze-Me as almas mansas, assim como as almas das criancinhas, e mergulha-as na minha Misericórdia. Estas almas são as mais semelhantes ao meu Coração. Elas reconfortaram-Me na minha amarga Paixão da minha agonia. Eu as vi quais anjos terrestres que futuramente iriam velar junto aos meus altares. Sobre elas derramo torrentes de graças. Só a alma humilde é capaz de aceitar a minha graça; às almas humildes favoreço com a minha confiança.

Misericordiosíssimo Jesus, que dissestes: \"Aprendei de Mim que sou manso e humilde de coração\", aceitai na mansão do vosso compassivo Coração as almas mansas e humildes e as almas das criancinhas. Estas almas encantam o Céu todo e são a especial predileção do Pai Celestial, são como um ramalhete diante do trono de Deus, com cujo perfume o próprio Deus se deleita. Estas almas têm a mansão permanente no Coração compassivo de Jesus e cantam sem cessar um hino de amor e misericórdia pelos séculos.

Eterno Pai, olhai com Misericórdia para as almas mansas e humildes e para as almas das criancinhas, que estão encerradas na mansão compassiva do Coração de Jesus. Estas almas são as mais semelhantes a vosso Filho; o perfume destas almas eleva-se da Terra e alcança o vosso trono. Pai de Misericórdia e de toda bondade, suplico-Vos pelo amor e predileção que tendes para com estas almas, abençoai o mundo todo, para que todas as almas cantem juntamente a glória ? vossa Misericórdia, por toda a eternidade. Amém.

Sétimo dia

Hoje traze-Me as almas que veneram e glorificam de maneira especial a minha Misericórdia e mergulha-as na minha Misericórdia. Estas almas foram as que mais sofreram por causa da minha Paixão e penetraram mais profundamente no meu espírito. Elas são a imagem viva do meu Coração compassivo. Estas almas brilharão com especial fulgor na vida futura. Nenhuma delas irá ao fogo do Inferno; defenderei cada uma delas de maneira especial na hora da morte.
Misericordiosíssimo Jesus, cujo Coração é o próprio amor, aceitai na mansão do vosso compassivo Coração as almas que honram a glorificam de maneira especial a grandeza da vossa Misericórdia. Estas almas tornadas poderosas pela força do próprio Deus, avançam entre penas e adversidades, confiando na vossa Misericórdia. Estas almas estão unidas com Jesus e carregam sobre os seus ombros a humanidade toda. Elas não serão julgadas severamente, mas a vossa Misericórdia as envolverá no momento da morte.

Eterno Pai, olhai com Misericórdia para as almas que glorificam e honram o vosso maior atributo, isto é, a vossa inescrutável Misericórdia; elas estão encerradas no Coração compassivo de Jesus. Estas almas são o Evangelho vivo e as suas mãos estão cheias de obras de misericórdia; suas almas repletas de alegria cantam um hino de misericórdia ao Altíssimo. Suplico-Vos, ó Deus, mostrai-lhes a vossa Misericórdia segundo a esperança e confiança que em Vós colocaram. Que se cumpra nelas a promessa de Jesus, que disse: \"As almas que veneram a minha insondável Misericórdia, Eu mesmo as defenderei durante a vida, especialmente na hora da morte, como minha glória.\" Amém.

Oitavo dia

Hoje traze-Me as almas que se encontram na prisão do Purgatório e mergulha-as no abismo da minha Misericórdia; que as torrentes do meu Sangue refresquem o seu ardor. Todas estas almas são muito amadas por Mim, pagam as dívidas à minha Justiça. Está em teu alcance trazer-lhes alívio. Tira do tesouro da minha Igreja todas as indulgências e oferece-as por elas. Oh, se conhecesses o seu tormento, incessantemente oferecerias por elas a esmolas do espírito e pagarias as suas dívidas à minha Justiça.

Misericordiosíssimo Jesus, que dissestes que quereis misericórdia, eis que estou trazendo ? mansão do vosso compassivo Coração as almas do Purgatório, almas que Vos são muito queridas e que no entanto devem dar reparação à vossa Justiça; que as torrentes de Sangue e Água que brotaram do vosso Coração apaguem as chamas do fogo do Purgatório, para que também ali seja glorificado o poder da vossa Misericórdia.

Eterno Pai, olhai com Misericórdia para as almas que sofrem no Purgatório e que estão encerradas no Coração compassivo de Jesus. Suplico-Vos que, pela dolorosa Paixão de Jesus, vosso Filho, e por toda a amargura de que estava inundada a sua Alma santíssima, mostreis vossa Misericórdia às almas que se encontram sob o olhar da vossa Justiça; não olheis para elas de outra forma senão através das Chagas de Jesus, vosso Filho muito amado, porque nós cremos que a vossa bondade e Misericórdia são incomensuráveis. Amém.

Nono dia

Hoje traze-Me as almas tíbias e mergulha-as no abismo da minha Misericórdia. Estas almas ferem mais dolorosamente o meu Coração. Foi da alma tíbia que a minha Alma sentiu repugnância no Horto. Elas levaram-Me a dizer: Pai afasta de Mim este cálice, se assim for a vossa vontade. Para elas, a última tábua de salvação é recorrer a minha Misericórdia.
Ó compassivo Jesus, que sois a própria Compaixão, trago à mansão do vosso compassivo Coração as almas tíbias; que se aqueçam no fogo do vosso amor puro estas almas geladas, que, semelhantes a cadáveres, Vos enchem de tanta repugnância. Ó Jesus, muito compassivo, usai a onipotência da vossa Misericórdia e atraí-as até ao fogo do vosso amor e concedei-lhes o amor santo, porque Vós tudo podeis.
Eterno Pai, olhai com Misericórdia para as almas tíbias e que estão encerradas no Coração compassivo de Jesus. Pai de Misericórdia, suplico-Vos pela amargura da Paixão do vosso Filho e por sua agonia de três horas na Cruz, permiti que também elas glorifiquem o abismo da vossa Misericórdia... Amém



A humanidade inteira

\"Ó Deus de grande Misericórdia, bondade infinita, eis que hoje a humanidade toda clama do abismo da sua miséria a Vossa Misericórdia, a Vossa Compaixão, e clama com sua potente voz de miséria. Deus clemente, não rejeiteis a oração dos exilados desta terra. Senhor, bondade inconcebível, que conheceis profundamente a nossa miséria e sabeis que com nossas próprias forças não temos condições de nos elevar até Vós, por isso vos suplicamos, adiantai-vos ao nosso pedido com a Vossa graça e multiplicai em nós sem cessar a Vossa Misericórdia, para que possamos cumprir a Vossa Santa Vontade durante toda a nossa vida e na hora da morte. Que o poder da Vossa Misericórdia nos defenda dos ataques dos inimigos da nossa salvação, para que aguardemos com confiança, como Vossos filhos, a Vossa Vinda última, dia que somente a Vós é conhecido, e esperamos que alcançaremos tudo que nos foi prometido por Cristo, apesar de toda a nossa miséria, porque Cristo é a nossa confiança; pelo seu Coração Misericordioso, como por uma porta aberta, entramos no Céu\".


Pelos pecadores

\"Jesus, verdade eterna, nossa vida, peço e suplico vossa misericórdia para os pobres pecadores. Dulcissimo Coração do meu Senhor, cheio de compaixão e misericórdia inescrutável, suplico-vos pelos pobres pecadores. Ó Coração Santíssimo, fonte de misericórdia, do qual brotam raios de graças incompreensíveis para todo o gênero humano, suplico-Vos luz para os pobres pecadores. Ó Jesus, lembrai-vos da vossa amarga paixão e não permitais que se percam as almas remidas com vosso precioso sangue santíssimos. Ó Jesus, quando medito sobre esse grande preço do vosso sangue, alegro-me com a sua grandeza, porque uma só gota seria suficiente para todos os pecadores. Embora o pecado seja o abismo da maldade e da ingratidão, contudo o preço oferecido por nós é sempre imcomparável; por isso, que toda a alma confie na paixão do Senhor, e confie na misericórdia. Deus não negará a ninguém sua misericórdia. O céu e a terra poderão mudar, mas não se esgotará a misericórdia divina. Ó, que alegria arde em meu coração quando vejo essa bondade inconcebível, ó meu Jesus. Desejo trazer todos os pecadores a Vossos pés, para que louvem por todos os séculos a vossa misericórdia\".



Pelas almas do purgatório

\"Misericordiosíssimo Jesus, que disseste que quereis misericórdia, eis que estou trazendo ? morada do vosso compassivo Coração, as almas do purgatório, almas que vos são mui queridas e que no entanto devem reparar a vossa justiça; que as torrentes de sangue e a água que brotaram do vosso Coração apaguem as chamas do fogo do purgatório, para que também ali seja glorificado o poder da vossa misericórdia\".



Oração à Divina Misericórdia para alcançar uma graça pela intercessão da serva de Deus, irmã Maria Faustina

\"Ó Deus, cuja Misericórdia supera todas as vossas obras, eu vos agradeço pelos muitos carismas que concedestes à vossa serva Faustina, vós que manifestastes de modo particular o abismo daquela Misericórdia que quereis derramar, nestes tempos difíceis, não somente sobre cada indivíduo, mas sobre toda a humanidade atormentada e transviada. Eu vos peço com grande confiança que vos digneis mostrar também a mim a vossa grande Misericórdia, e se isto não for contrário à salvação da minha alma, concedei-me a graça da qual tenho tanta necessidade. Eu vos peço pelos merecimentos e intercessão da Santa Irmã Faustina, que escolhestes como vossa confidente e apóstola da vossa Misericórdia. Mas sobretudo, vo-la peço, pela dolorosa Paixão de vosso diletíssimo Filho e Nosso Senhor Jesus Cristo, Rei da Misericórdia, que convosco e o Espírito Santo, no-la dispensa, por toda a eternidade. Amém.\"


Oração para obter a graça do amor ao próximo

\"Ó Santíssima Trindade, quantas vezes o meu peito respirar, quantas vezes o meu coração bater, o meu sangue pulsar em mim, outras tantas mil vezes eu desejo adorar a vossa Misericórdia. Desejo transformar-me toda em vossa Misericórdia para tornar-me o vosso reflexo vivo, ó meu Senhor. Que a vossa Misericórdia, que é insondável, e de todos os divinos atributos, o mais sublime, se derrame do meu coração e da minha alma sobre o próximo. Ajudai-me, Senhor, para que os meus olhos sejam misericordiosos de modo que eu jamais suspeite nem julgue as pessoas pela aparência externa, mas perceba a beleza interior dos outros e possa ajudá-los. Ajudai-me, Senhor, para que os meus ouvidos sejam misericordiosos, de modo que eu esteja sempre atento às necessidades dos meus irmãos e não me permitais permanecer indiferente diante de suas dores e lágrimas.

Ajudai-me, Senhor, para que a minha língua seja misericordiosa, de modo que eu nunca fale mal dos meus irmãos; que eu tenha para cada um deles uma palavra de conforto e de perdão. Ajudai-me, Senhor, para que as minhas mãos sejam misericordiosas e transbordantes de boas obras, nem se cansem jamais de fazer o bem aos outros, enquanto, de minha parte aceitarei as tarefas mais difíceis e penosas. Ajudai-me, Senhor, para que sejam misericordiosos também os meus pés para que levem sem descanso ajuda aos meus irmãos, vencendo a fadiga e o cansaço: o meu repouso seja o servir a outros. Ajudai-me, Senhor, para que meu coração seja misericordioso, se torne sensível aos sofrimentos dos outros; ninguém receba uma recusa do meu coração. Que eu conviva sinceramente, mesmo com aqueles que abusam de minha bondade. Quanto a mim me encerro no Coração Misericordiosíssimo de Jesus, silenciando aos outros o quanto tenho que sofrer.\"



Oração no Sofrimento


Um pensamento da Santa Irmã Faustina:

\"Se a alma que sofre soubesse quanto Deus a ama, morreria de alegria e de excesso de felicidade.\"

\"Conheceremos no futuro o valor do sofrimento, mas já estaremos na impossibilidade de sofrer: nosso, é só o momento presente.\"

\"Jesus, não me deixeis sozinha quando sofro! Vós Senhor, sabeis como sou fraca, conheceis o abismo da minha miséria, sou uma nulidade. A minha fraqueza é tão grande que não deve causar espanto a minha queda se deixada sozinha. Sou como uma criança, recém-nascida incapaz de coordenar os movimentos. Mas, em meu abandono, confio em vós, Senhor. Malgrado tudo aquilo que sinto dentro de mim, conservo a mais completa confiança em ti e nela deposito, da maneira mais absoluta, todo o meu sentimento. Não diminuais o meu sofrimento em nada, dai-me apenas força para suportá-lo. Fazei de mim o que é do vosso agrado, mas concedei-me, ao mesmo tempo, a graça de amar-vos sempre em todas as circunstâncias. Não diminuais o amargor do meu cálice, dai-me unicamente a coragem de bebê-lo até o fim. Amém.\"



Oração à Mãe de Deus

\"Maria, minha mãe e minha Senhora, eu vos dou a minh\'alma e o meu corpo, a minha vida e a minha morte e tudo o que virá. Deposito tudo em vossas mãos, ó minha mãe. Cobri-me com vosso manto virginal e concedei-me a graça da pureza do coração, de alma e de corpo. Defendei-me com vosso poder de todos os inimigos, especialmente daqueles que escondem a própria maldade sob a máscara da virtude... Fortificai a minh\'alma e que o sofrimento não a desanime. Ó Mãe da graça, ensinai-me a viver em Deus. Amém.\" \"Ó Maria uma espada terrível atravessou a tua santa alma; exceto Deus ninguém conheceu a tua dor. A tua alma não se partiu; foi forte porque estava com Jesus. Doce mãe, une a ele a minh\'alma, porque somente assim resistirei às provas e os meus sacrifícios de cada dia, unidos aos de Jesus, serão aceitos por Deus. Mãe dulcíssima, que a espada da dor jamais me despedasse. Ensina-me a vida interior. Amém.\"


Oração pela Igreja e pelos Sacerdotes

\"Ó meu Jesus, peço-vos por toda a Igreja; concedei-lhe o amor e a luz do Espírito Santo; dai força às palavras dos sacerdotes, de modo que rompam mesmo os corações mais endurecidos e os façam retornar a vós, ó Senhor. Senhor, dai-nos santos sacerdotes e vós mesmo conservai-os em santidade. Ó Divino e Sumo Sacerdote que o poder da vossa Misericórdia os acompanhe por onde andarem e os proteja contra as maquinações que o demônio não cessa de armar às almas de cada sacerdote. O poder de vossa Misericórdia, ó Senhor, destrua tudo o que poderá ofuscar a santidade do sacerdote, porque vós tudo podeis. Peço-vos, Jesus, abençoai com uma luz especial os sacerdotes com os quais me devo confessar durante minha vida. Amém.\"


Oração de Agradecimento

\"Ó Jesus, Deus oculto e misterioso, eu vos agradeço pelos inumeráveis dons e pelos benefícios que me fizestes. Cada bater do meu coração renove o hino de agradecimento que eu dirijo a vós, Senhor. A minh\'alma seja um hino de adoração ? vossa Misericórdia. Ó meu Deus, eu vos amo por vós. Amém.\"


Oração por uma Morte Feliz


\"Ó Jesus Misericordioso, estendido na cruz, lembrai-vos de mim na hora da minha morte. Ó Coração Misericordiosíssimo de Jesus, aberto pela lança, escondei-me na hora derradeira da morte. Ó Sangue e Água que brotastes de Jesus como fonte de infinita Misericórdia para mim. Jesus agonizante, refém da misericórdia aplacai a ira de Deus na hora da minha morte.\"


Louvores à Misericórdia de Deus


O Amor de Deus é a flor - e a Misericódia o fruto.
Que a alma que desconfia leia antes louvores da Misericórdia e torne-se confiante.
Misericórdia Divina, que brota do seio do Pai, eu confio em Vós.
Misericórdia Divina, atributo máximo de Deus, eu confio em Vós.
Misericórdia Divina, mistério inefável, eu confio em Vós.
Misericórdia Divina, fonte que brota do mistério da Santíssima Trindade, eu confio em Vós.
Misericórdia Divina, que nenhuma mente nem angélica nem humana pode prescrutar, eu confio em Vós.
Misericórdia Divina, da qual provém toda a vida e felicidade, eu confio em Vós.
Misericórdia Divina, mais sublime do que os Céus, eu confio em Vós.
Misericórdia Divina, fonte de milagres e prodígios, eu confio em Vós.
Misericórdia Divina, que envolve o universo todo, eu confio em Vós.
Misericórdia Divina, que desce ao mundo na Pessoa do Verbo Encarnado, eu confio em Vós.
Misericórdia Divina, que brotou da chaga aberta do Coração de Jesus, eu confio em Vós.
Misericórdia Divina, encerrada no Coração de Jesus para nós e sobretudo para os pecadores, eu confio em Vós.
Misericórdia Divina, imperscrutável na instituição da Eucaristia, eu confio em Vós.
Misericórdia Divina, no sacramento do Santo batismo, eu confio em Vós.
Misericórdia Divina, na nossa justificação por Jesus Cristo, eu confio em Vós.
Misericórdia Divina, que nos acompanha por toda a vida, eu confio em Vós.
Misericórdia Divina, que nos envolve de modo particular na hora da morte, eu confio em Vós.
Misericórdia Divina, que nos concede a vida imortal, eu confio em Vós.
Misericórdia Divina, que nos acompanha em todos os momentos, eu confio em Vós.
Misericórdia Divina, que nos defende do fogo do inferno, eu confio em Vós.
Misericórdia Divina, na conversão dos pecadores endurecidos, eu confio em Vós.
Misericórdia Divina, enlevo para os anjos, inefável para os santos, eu confio em Vós.
Misericórdia Divina, insondável em todos os mistérios Divinos, eu confio em Vós.
Misericórdia Divina, que nos eleva de toda miséria, eu confio em Vós.
Misericórdia Divina, fonte de nossa felicidade e alegria, eu confio em Vós.
Misericórdia Divina, que do nada nos chama para a existência, eu confio em Vós.
Misericórdia Divina, que abrange todas as obras das suas mãos, eu confio em Vós.
Misericórdia Divina, que coroa tudo que existe e que existirá, eu confio em Vós.
Misericórdia Divina, na qual todos somos imersos, eu confio em Vós.
Misericórdia Divina, doce consolo para os corações atormentados, eu confio em Vós.
Misericórdia Divina, única esperança dos desesperados, eu confio em Vós.
Misericórdia Divina, repouso dos corações, paz em meio ao terror, eu confio em Vós.
Misericórdia Divina, delícia e êxtase dos santos, eu confio em Vós.
Misericórdia Divina, que desperta a confiança onde não há esperança, eu confio em Vós.

"Ó Deus Eterno, em quem a Misericórdia é insondável, e o tesouro da compaixão é inesgotável, olhai propício para nós e multiplicai em nós a vossa Misericórdia, para que não desesperemos nos momentos difíceis, nem esmoreçamos, mas nos submetamos com grande confiança ? Vossa Santa Vontade, que é amor e a própria Misericórdia. Amém."

 



 
 
 

Artigo Visto: 922 - Impresso: 55 - Enviado: 16
Ajude a manter a nossa obra de evangelização e o nosso site no ar, faça uma doação.

ATENÇÃO! Todos os artigos disponíveis neste sítio são de livre cópia e difusão deste que sempre sejam citados a fonte www.cidadaosdoinfinito.com.br

 

 
Visitas Únicas Hoje: 4 - Total Visitas Únicas: 305547 - Usuários online: 24