COMUNIDADES DE VIDA E ORAÇÃO - Vigiai, porque não sabeis a hora em que virá o Senhor (Mateus 24,42)
Documento sem título
 




 
 
31/12/2011
A VIVÊNCIA DA ESPIRITUALIDADE
A oração é o alimento da alma
 

A comunidade nasce do coração transpassado de Jesus, um coração que verte sangue e água (S. João 19,34 – mas um dos soldados abriu-lhe o lado com uma lança e, imediatamente, saiu sangue e água). O sangue refere-se à vida eucarística em sua plenitude (adoração, santa missa, devoções específicas; particulares e comunitárias ao santíssimo sacramento) já a água revela a graça do Batismo (da evangelização, do senhorio de Jesus, da conversão e profissão de fé), nascidos assim do coração transpassado de Jesus crucificado somos impelidos a assemelharmo-nos a Ele.

As comunidades são chamadas a viver profundamente o mistério do amor, na sua radicalidade, aos moldes do crucificado, dar a vida amando, é um sendo um dar-se de si como oferta conjunta ao sacrifício do Senhor, como gesto de amor alegre por Deus e pelo irmão.

I João 4,9 – Nisto se manifestou o amor de Deus para conosco: em nos ter enviado ao mundo seu Filho único, para que vivamos por ele. 10 Nisto consiste o amor: não em termos nós amado a Deus, mas em ter-nos ele amado, e enviado o seu Filho para expiar os nosso pecados. 

É preciso tomar novamente a passagem de I João 3,16 – Nisto temos conhecido o amor: (Jesus) deu sua vida por nós. Também nós outros devemos dar a nossa vida pelos nossos irmãos. Vers. 18 – Meus filhinhos, não amemos com palavras, nem com a língua, mas por atos e em verdade.

A densa espiritualidade coloca-nos diante de Deus sumamente amado, motivo de nossa busca por uma consagração nos moldes das novas comunidades. Assim, somos dirigidos para experiências, pessoais e comunitárias, profundas do amor do Senhor, o nosso lugar e aos pés do Senhor, adorar a Jesus no Santíssimo Sacramento deve ser uma constante em nossas vidas mesmo na condição de comunidade de vida secular.

          Só podemos anunciar e testemunhar Aquele que conhecemos e experimentamos. A oração com a palavra de Deus, com fundamentos na Tradição e Magistério da Igreja, deve gerar em nós corações segundo o coração de Deus.

            A devoção a Nossa Senhora das Graças, medianeira de todas a Graças oriundas do céu, bem como da principal Graça que já existiu em toda a História da Humanidade (Jesus Cristo) irá nos fortalecer na vivência dos conselhos evangélicos (obediência, pobreza e castidade), no estado de vida de cada um, e também nos ensinará a sermos discípulos e ministros do Amor para todos os que sofrem, Nossa Senhora é primeira nessa caminhada sendo por excelência a principal discípula e ministra do Amor




 
 
 

Artigo Visto: 828 - Impresso: 33 - Enviado: 15
Ajude a manter a nossa obra de evangelização e o nosso site no ar, faça uma doação.

ATENÇÃO! Todos os artigos disponíveis neste sítio são de livre cópia e difusão deste que sempre sejam citados a fonte www.cidadaosdoinfinito.com.br

 

 
Visitas Únicas Hoje: 142 - Total Visitas Únicas: 311859 - Usuários online: 27