COMUNIDADES DE VIDA E ORAÇÃO - Vigiai, porque não sabeis a hora em que virá o Senhor (Mateus 24,42)
Documento sem título
 




 
 
04/01/2012
IMAGEM DE JESUS CHORA SANGUE
Em Macatuba - São Paulo
 

Desde o dia 4 deste mês, a Matriz de Santo Antônio, em Macatuba, São Paulo, recebeu mais fiéis do que a população do município, com 18 mil habitantes, que fica a 315 quilômetros de São Paulo. O motivo da romaria foi o aparecimento de lágrimas vermelhas em uma imagem de Jesus Cristo.

Funcionários da Secretaria Municipal de Saúde de Macatuba analisaram o líquido e constataram que é sangue.

 

 

 

Pároco da matriz, padre José Raimundo de Carvalho é cauteloso ao comentar o fenômeno. Recebe as romarias com longos sermões religiosos, mas não descarta a possibilidade de fraude. "Vejo o milagre pelo lado da peregrinação.

Cerca de 2.500 pessoas visitam a imagem por dia. A fé popular se aguçou", afirma.

Os fiéis não têm dúvida. Saúdam as lágrimas de sangue do Sagrado Coração como um milagre particular. Um homem com problemas na perna e a mãe de uma criança enferma já dão relatos de graças alcançadas.

 

 

 
Isolamento

As constantes procissões obrigaram os administradores da igreja a isolar a imagem. Muitas pessoas tentavam tocar o sangue dos olhos e temia-se que ela pudesse ser destruída. O padre, que está há oito anos na paróquia de Macatuba,conta que é preciso análise mais detalhada para verificar se o líquido saiu de dentro da imagem de 1,80 metro e constituída de gesso e ferro - ou se o sangue foi borrifado, para simular lágrimas.

 

Florinda Estrada trabalha há dois anos na igreja. Ela foi uma das primeiras a ver as supostas lágrimas na manhã de sexta-feira, dia 4.

Ela conta que antes dela uma fiel não identificada percebeu o sangue: "Ela me procurou chorando. Disse que tinha alguma coisa errada na imagem e queria que eu dissesse o que era".

 

O aparecimento de lágrimas de sangue em uma imagem de Jesus Cristo emocionou os moradores de Macatuba porque o fenômeno aconteceu na igreja há 24 anos. Mas o choro desta vez não veio precedido de nenhum acontecimento triste: em 1984, logo depois da morte do padre José Corsini, imagem do Sagrado Coração verteu lágrimas de sangue. "Fiquei bastante impressionada. Não foi o mesmo Cristo. Na época, o bispo da região levou a imagem. Não sabemos o que aconteceu com ela", conta Danuza Martins, ajudante da igreja.

 

O padre José Raimundo inquiriu os 95 ministros extraordinários sobre os sangue nos olhos da imagem. Todos negaram ter fraudado o Cristo. Agora os fiéis afirmam que a imagem está ficando "arroxeada".





 
 
 

Artigo Visto: 1060 - Impresso: 47 - Enviado: 18
Ajude a manter a nossa obra de evangelização e o nosso site no ar, faça uma doação.

ATENÇÃO! Todos os artigos disponíveis neste sítio são de livre cópia e difusão deste que sempre sejam citados a fonte www.cidadaosdoinfinito.com.br

 

 
Visitas Únicas Hoje: 164 - Total Visitas Únicas: 460330 - Usuários online: 54