COMUNIDADES DE VIDA E ORAÇÃO - Vigiai, porque não sabeis a hora em que virá o Senhor (Mateus 24,42)
Documento sem título
 




 
 
03/01/2012
SANTA CLARA DE ASSIS - Patrona das águas
Fundadora da Ordem das Clarissas
 
Comemoração: 11 de agosto

Clara nasceu em Assis, em 1193, da nobre família dos Offreducci. Teve duas irmãs, Catarina e Beatriz, e um irmão, Bosone. Sua mãe Ortolana, era cristã fervorosa, não é pois de se estranhar a profunda piedade de Clara, desde menina.

Nos domingos de 1211, Francisco pregou na Igreja de São Jorge e Clara foi ouvi-lo. Cada palavra penetrava em sua alma e incendiava seu coração. Chegava o domingo de Ramos, escolhido por Francisco para a doação de Clara a Deus. Pe. Francisco lhe ordena que, no dia da festa, adornada e elegante, vá pegar a palma em meio à multidão e, na noite seguinte, converta a alegria mundana no pranto da paixão do Senhor.

Clara entrou na igreja e, ajoelhada diante do altar da Virgem Maria, consagrou-se a Deus, pelas mãos de Francisco, e em sinal de consagração, teve seus cabelos cortados. Tão logo foi informado do acontecido, seu pai reuniu os homens da casa, enviando-os ao convento, para trazer Clara de volta. Clara porém, não renunciou a sua decisão e, tirando o véu da cabeça, mostrou-lhes o cabelo para provar que não era mais Clara de Offreducci, mas Irmã Clara.

Ela ficou no convento beneditino onde foi acompanhada de sua irmã Catarina, que logo após passou-se a chamar Inês. Em 1215, Clara tornou-se superiora da comunidade, o Papa Inocêncio III deu a eles a regra da pobreza absoluta, e então Clara fundou a ordem das Clarissas Pobres.


Clara permaneceu por toda a vida fiel e coerente com a Regra que ela havia ditado. Não conhecia limites à caridade, ao serviço junto às irmãs, aceitando com alegria mesmo incumbência mais humildes. Considerava honra lavar os pés das externas, quando voltavam ao convento. Penitência e mortificação impõe a si mesma em medida tão dura que suscitava preocupação e advertências da parte de Francisco. A moderação recomenda às outras, não a si mesma.

Clara morreu, a 11 de agosto de 1253. O Pontífice, qua se achava em Assis, propôs celebrar o ofício das virgens e não o dos mortos, como demonstração de que considerava Clara já santa. A igreja converteu-se logo em santuário, meta de numerosíssimos fiéis, mesmo porque Clara começou logo a fazer milagres. O culto, assim, cresceu espontâneamente, enquanto se difundia a fama de curas prodigiosas. O início imediato do processo de canonização baseava-se em vasta e crescente devoção popular. Dois anos após sua morte (1255) Clara é declarada Santa.

Igreja em Guaratiba: Tel: 3316-3104.

NOVENA:
1º DIA - ORAÇÃO PERSEVERANTE

Ó Deus e Pai Nosso que concedestes a Sta Clara o dom de buscar sempre a força na oração, e de ajudar com alegria os mais necessitados, concedei também a mim a graça de rezar sem desanimar, cumprir fielmente os deveres de cada dia e ajudar eficazmente o próximo.
Concedei-me também a graça que eu preciso se for para a vossa maior glória e a salvação de nossa alma. Amém. 1 Pai Nosso. 1 Ave Maria. 1 Glória ao Pai. Santa Clara, rogai por nós.

2º DIA - A FÉ

Ó Deus e Pai Nosso que concedestes a santa Clara o dom de com fé seguir sua vocação e de ajudar com alegria os mais necessitados, concedei também a mim a graça de crescer sempre na fé, cumprir fielmente os deveres de cada dia e ajudar eficazmente o próximo.
Concedei-me também a graça que eu preciso se for para a vossa maior glória e a salvação de nossa alma. Amém.1 Pai Nosso. 1 Ave Maria. 1 Glória ao Pai. Santa Clara, rogai por nós.

3º DIA - ESPERANÇA

Ó Deus e Pai Nosso que concedestes a Santa Clara o dom de com esperança seguir sua vocação e de ajudar com alegria os mais necessitados, concedei a mim também, a graça de crescer sempre na esperança, cumprir fielmente os deveres de cada dia e ajudar eficazmente o próximo.
Concedei-me também a graça que eu preciso, se for para a vossa maior glória e a salvação de nossa alma. Amém.1 Pai Nosso. 1 Ave Maria. 1 Glória ao Pai. Santa Clara, rogai por nós.

4º DIA - CARIDADE

Ó Deus e Pai nosso que concedeste a Santa Clara o dom de com caridade seguir sua vocação e de ajudar com alegria os mais necessitados, concedei a mim a graça de crescer sempre na caridade, cumprir fielmente os deveres de cada dia e ajudar eficazmente o próximo.
Concedei-me também a graça que eu preciso, se for para a vossa maior glória e a salvação de nossa alma. Amém.1 Pai Nosso. 1 Ave Maria. 1 Glória ao Pai. Santa Clara, rogai por nós.

5º DIA - PRUDÊNCIA

Ó Deus e Pai Nosso que concedestes a Santa Clara o dom de com prudência seguir sua vocação e de ajudar com alegria os mais necessitados, concedei a mim também a graça de crescer sempre na virtude da prudência, cumprir fielmente os deveres de cada dia e ajudar eficazmente o proximo.
Concedei-me também a graça que eu preciso, se for para a vossa maior glória e a salvação de nossa alma. Amém.1 Pai Nosso. 1 Ave Maria. 1 Glória ao Pai. Santa Clara, rogai por nós.

6º DIA - JUSTIÇA

Ó Deus e Pai Nosso, que concedestes a Santa Clara o dom de com justiça seguir sua vocação e de ajudar com alegria os mais necessitados, concedei a mim também a graça de crescer fielmente na virtude da justiça, cumprir os deveres de cada dia e ajudar eficazmente o próximo.
Concedei-me também, a graça que eu preciso, se for para a vossa maior glória e a salvação de nossa alma. Amém.1 Pai Nosso. 1 Ave Maria. 1 Glória ao Pai. Santa Clara, rogai por nós.

7º DIA - TEMPERANÇA

Ó Deus e Pai Nosso, que concedestes a Santa Clara o dom admirável de com grande coragem, força e pureza do coração sua extraordinária vocação, concedei a mim também a graça de crescer nestas mesmas virtudes, cumprir os deveres de cada dia e ajudar eficazmente o próximo, especialmente o mais necessitado.
Concedei-me também a graça que eu preciso agora, se for para a vossa maior glória e a salvação de minha alma. Amém.1 Pai Nosso. 1 Ave Maria. 1 Glória ao Pai. Santa Clara, rogai por nós.

8º DIA - FORTALEZA

Ó Deus e Nosso Pai, que concedestes a Santa Clara o dom admirável da fortaleza inquebrantável, concedei a mim também, a graça semelhante, cumprir os meus deveres e ajudar eficazmente o próximo, especialmente o mais pobre e abandonado por todos.
Concedei-me a graça que agora preciso, se for para a vossa maior glória e a salvação de minha alma. Amém.1 Pai Nosso. 1 Ave Maria. 1 Glória ao Pai. Santa Clara, rogai por nós.

9º DIA - PERSEVERANÇA FINAL

Ó Deus, que na Vossa Misericórdia atraistes Santa Clara ao amor da pobreza e lhe concedestes a graça da perseverança final no caminho da perfeição heróica, dai-nos também a nós, que seguindo o Cristo, Vos contemplaremos um dia em Vosso Reino.Amém.1 Pai Nosso. 1 Ave Maria. 1 Glória ao Pai. Santa Clara, rogai por nós.




 
 
 

Artigo Visto: 884 - Impresso: 39 - Enviado: 14
Ajude a manter a nossa obra de evangelização e o nosso site no ar, faça uma doação.

ATENÇÃO! Todos os artigos disponíveis neste sítio são de livre cópia e difusão deste que sempre sejam citados a fonte www.cidadaosdoinfinito.com.br

 

 
Visitas Únicas Hoje: 188 - Total Visitas Únicas: 300453 - Usuários online: 27