COMUNIDADES DE VIDA E ORAÇÃO - Vigiai, porque não sabeis a hora em que virá o Senhor (Mateus 24,42)
Documento sem título
 




 
 
04/01/2012
COMO TUDO COMEÇOU
O início das atividades
 
Num período em que haviam algumas publicidades oriundas de fontes falsas, sobre fatos de que algumas pessoas estavam construindo refúgios para esperar o fim do mundo etc. o Sr.Bruno Träsel, sabendo que tínhamos algum trânsito com o nosso Bispo, pediu para que o acompanhássemos numa reunião para explicar o que se comentava na região. Tudo foi explicado, foram mostrados os documentos à Dom Sinésio Bohn, Bispo da Diocese de Santa Cruz do Sul-RS, que gentilmente nos ouviu... Mas, na ocasião, ficou por isso.

Em seguida, fomos participar de um retiro do Movimento Salvai Almas em Nova Trento-SC, ao ouvir no final, a mensagem de Jesus na qual Ele disse:

 “Aqui nesta Igreja tem 313 pessoas. Se cada um que sair daqui, chegando a sua cidade, fizer um cenáculo como esse, daqui há algum tempo teremos 313 cenáculos como esse”.

Essa frase bateu fundo no meu coração. Cheguei em Santa Cruz e fui procurar Sr.  Günther José Thomé, que já havia construído com seu grupo várias casas, capela, refeitório, etc. e denominara de Comunidade Nossa Senhora de Fátima; e a sra. Maria Helena Eick,  que já havia terminado um prédio com Capela com recursos de seu irmão, Afonso Eick que iniciara as obras, mas falecera repentinamente e que a chamara de Comunidade São José.  

E então expus a idéia para eles e me propus a compor um roteiro e assim iniciarmos com um Cenáculo na Capela da Comunidade São José que estava novinha, recém-construída, depois o próximo Cenáculo seria na Capela Nossa Senhora de Fátima e por último na nossa, onde havíamos terminado a construção de um barraco, e construir ali uma Capela era um projeto futuro.  Porém, improvisamos e montamos então uma Capela no barraco( como podem ver na foto ) e dedicamos a Nossa Senhora das Graças.

Assim começou a nossa história das Comunidades de Vida e Oração, na Diocese de Santa Cruz do Sul - RS.

um período em que haviam algumas publicidades oriundas de fontes falsas, sobre fatos de que algumas pessoas estavam construindo refúgios para esperar o fim do mundo etc. o Sr.Bruno Träsel, sabendo que tínhamos algum trânsito com o nosso Bispo, pediu para que o acompanhássemos numa reunião para explicar o que se comentava na região. Tudo foi explicado, foram mostrados os documentos à D. Sinésio Bohn, Bispo da Diocese de Santa Cruz do Sul-RS, que gentilmente nos ouviu... Mas, na ocasião, ficou por isso.

Em seguida, fomos participar de um retiro do Movimento Salvai Almas em Nova Trento-SC, ao ouvir no final, a mensagem de Jesus na qual Ele disse:

 “Aqui nesta Igreja tem 313 pessoas. Se cada um que sair daqui, chegando a sua cidade, fizer um cenáculo como esse, daqui há algum tempo teremos 313 cenáculos como esse”.

Essa frase bateu fundo no meu coração. Cheguei em Santa Cruz e fui procurar Sr.  Günther José Thomé, que já havia construído com seu grupo várias casas, capela, refeitório, etc. e denominara de Comunidade Nossa Senhora de Fátima; e a sra. Maria Helena Eick,  que já havia terminado um prédio com Capela com recursos de seu irmão, Afonso Eick que iniciara as obras, mas falecera repentinamente e que a chamara de Comunidade São José.  

E então expus a idéia para eles e me propus a compor um roteiro e assim iniciarmos com um Cenáculo na Capela da Comunidade São José que estava novinha, recém-construída, depois o próximo Cenáculo seria na Capela Nossa Senhora de Fátima e por último na nossa, onde havíamos terminado a construção de um barraco, e construir ali uma Capela era um projeto futuro.  Porém, improvisamos e montamos então uma Capela no barraco( como podem ver na foto ) e dedicamos a Nossa Senhora das Graças.

NOSSA HISTÓRIA


Assim começou a nossa história das Comunidades de Vida e Oração, na Diocese de Santa Cruz do Sul - RS.

Com a seqüência dos Cenáculos, nossa Comunidade Nossa Senhora das Graças, iniciou e mantém há mais de três anos a HORA DA MISERICÓRDIA, diariamente às 15 horas na Catedral de São João Batista, onde rezamos o Terço da Divina Misericórdia  e fazemos  a leitura do livro de Santa Faustina.

Somente nos sábados, domingos e feriados não realizamos este encontro, porque a Catedral está fechada ou tem outras atividades.

Assim, começamos a promover o Domingo da Misericórdia, em nossa cidade, por se tratar de uma iniciativa leiga, alguns Padres contestaram, fomos então falar com Dom Sinésio Bohn, e ele mais uma vez nos apoiou e conversou com nosso Pároco e assim: Caminhamos junto à Santa Igreja...

Na última Festa da Divina Misericórdia (2010) nossa Catedral lotou. Dom Sinésio esteve presente, rezou conosco e no final a Santa Missa foi celebrada pelo Pe. Dionísio Kist, que até a hora da Celebração esteve atendendo Confissões juntamente com o Pe. Alvaro Lenhardt.   

Temos sempre Sacerdotes para o atendimento das Confissões.

Por último nossa Comunidade iniciou também a reza do Santo Rosário, diariamente defronte o Sacrário, sempre logo após a missa das 18h15 e já mantemos isso há quase dois anos.

Agora iniciamos este novo site, para divulgar a sã Doutrina e a evangelização junto a nossa Mãe Santíssima e à Santa Igreja.

Com a seqüência dos Cenáculos, nossa Comunidade Nossa Senhora das Graças, iniciou e mantém há mais de três anos a HORA DA MISERICÓRDIA, diariamente às 15 horas na Catedral de São João Batista, onde rezamos o Terço da Divina Misericórdia  e fazemos  a leitura do livro de Santa Faustina.

Somente nos sábados, domingos e feriados não realizamos este encontro, porque a Catedral está fechada ou tem outras atividades.

Assim, começamos a promover o Domingo da Misericórdia, em nossa cidade, por se tratar de uma iniciativa leiga, alguns Padres contestaram, fomos então falar com Dom Sinésio Bohn, e ele mais uma vez nos apoiou e conversou com nosso Pároco e assim: Caminhamos junto à Santa Igreja...

Na última Festa da Divina Misericórdia (2010) nossa Catedral lotou. Dom Sinésio esteve presente, rezou conosco e no final a Santa Missa foi celebrada pelo Pe. Dionísio Kist, que até a hora da Celebração esteve atendendo Confissões juntamente com o Pe. Alvaro Lenhardt.   

Temos sempre Sacerdotes para o atendimento das Confissões.

Por último nossa Comunidade iniciou também a reza do Santo Rosário, diariamente defronte o Sacrário, sempre logo após a missa das 18h15 e já mantemos isso há quase dois anos.

Agora iniciamos este novo site, para divulgar a sã Doutrina e a evangelização junto a nossa Mãe Santíssima e à Santa Igreja.


JM


 
 
 

Artigo Visto: 1536 - Impresso: 166 - Enviado: 7
Ajude a manter a nossa obra de evangelização e o nosso site no ar, faça uma doação.

ATENÇÃO! Todos os artigos disponíveis neste sítio são de livre cópia e difusão deste que sempre sejam citados a fonte www.cidadaosdoinfinito.com.br

 

 
Visitas Únicas Hoje: 128 - Total Visitas Únicas: 288224 - Usuários online: 12