COMUNIDADES DE VIDA E ORAÇÃO - Vigiai, porque não sabeis a hora em que virá o Senhor (Mateus 24,42)
Documento sem título
 




 
 
25/08/2012
O GRANDE AVISO DE DEUS
Algo extraordinariamente grandioso, impensável, inimaginável
 

Marisa Fillet Bueloni

            Há uma profecia, dos anos 60, que faz o nosso coração pegar fogo. É um incêndio de amor e de esperança! Se alguém ficar com medo dela, então é porque está em dívida com Deus. Quem tem o coração limpo e reto, o espírito em paz e anda com Jesus Eucarístico, nada tem a temer. Nem mesmo  quanto ao caráter escatológico e possivelmente apocalíptico que cerca um grande número destas admiráveis profecias. Diz o Senhor que elas são para o nosso tempo...

 

            Sabemos, por uma informação bíblica, que o Senhor Javé nada faz sem  revelar aos Seus filhos. Sobretudo, parece que Ele resolveu intensificar esta bela e celestial comunicação com os Seus servos, enviando à terra anjo após anjo – estes seres anunciadores das boas notícias do Céu.

 

            Esta profecia dos anos 60 aconteceu em Garabandal, na Espanha, uma aldeiazinha primitiva e rústica, perdida  naquele canto do mundo. Lá, num bosque de pinheiros, no alto de um morro cheio de cascalho e pedras pontiagudas, nas alturas que nos aproximam do céu – lá, Maria Santíssima apareceu a quatro meninas. São elas: Conchita, Mari Loli, Mari-Cruz e Jacinta.

            As inúmeras testemunhas da série de aparições relatam as cenas vividas  pelas meninas, os êxtases sublimes em que permaneciam, caindo para trás, ou de joelhos, sobre aquelas pedras que poderiam feri-las, sem que apresentassem o menor machucado.

 

             A mensagem  revelada ao mundo, a pedido de Nossa Senhora de Garabandal, é algo realmente forte e assustador. Mas somente para quem anda afastado da graça de Deus. Ninguém é obrigado a crer nesta profecia, uma vez que aparições, mensagens, locuções interiores, carismas, revelações particulares de toda ordem, não constituem dogmas de fé. Contudo, ninguém venha escarnecer destes avisos considerados divinos pela natureza de sua manifestação.

 

            Em Garabandal, Nossa Senhora preparou o mundo para uma possível intervenção divina em nosso tempo. Algo extraordinariamente grandioso, impensável, inimaginável, sobretudo porque abalará os fundamentos de todas as coisas, as leis da física e do tempo – tudo, tudo parará. Até mesmo os aviões pararão nos  ares. E quem estiver a bordo viverá  o Aviso de Deus, porque todos o sentirão ao mesmo tempo, em qualquer parte da terra, independente do credo, raça, cultura ou  onde quer que se encontrem.

 

            No que consiste este Aviso? Trata-se de uma revelação interior dos nossos pecados. Assistiremos ao filme da nossa vida e tomaremos consciência do quanto ofendemos ao Pai. Será a correção da consciência do mundo, porque a humanidade terá a maior chance já dada pelo Criador para arrepender-se, para reconhecer que está avançando num terreno perigoso, atraindo a ira divina sobre a terra. O Senhor jamais poderá admitir que se mexa no código da vida! Tampouco permitirá a geração de criaturas sem alma,  plasmadas pelo processo da  clonagem humana.

 

            No momento do Aviso, um grande calor envolverá a terra inteira, causando um doloroso entorpecimento. Uma secura pairará em toda parte. Cada um se verá como Deus o vê. É o que Nossa Mãe Santíssima revelou as quatro meninas. Em menos de 1 ano, após este Aviso, deverá acontecer o Milagre, que deixará um sinal permanente nos principais santuários marianos da terra.  Todos reconhecerão que veio de Deus.

 

            Se depois destes dois grandes sinais a humanidade não se converter, e não voltar arrependida para o Pai, poderá cair sobre os homens, finalmente, o Castigo. Que está descrito em inúmeras passagens da Sagrada Escritura. As mensagens de Jesus e de Maria não trazem nenhuma “novidade”. O Senhor mesmo diz a uma mensageira: “ Minha filha, apenas venho acordar um povo que dorme”. E esta Hora não deverá nos encontrar no sono e na dissipação.

 

            Todas as revelações tidas como autênticas e confiáveis -  e  nas quais a  Santa Madre Igreja começa a  prestar atenção – não trazem nenhum novo ensinamento. Ao contrário: cada frase ali presente apenas faz fortalecer a nossa fé na Palavra de Deus e no Evangelho de Nosso Senhor Jesus Cristo. Se o Aviso virá de fato, ou se o Senhor terá piedade de nós e suspenderá esta advertência dolorosa, não o sabemos. Por enquanto, nenhum mensageiro revelou mudança alguma nos planos do Céu. Tudo permanece como foi dito.

 

            Tenhamos humildade em reconhecer os pecados do mundo e o espírito materialista, racionalista e ateu que tomou conta desta geração, levando-a a apostatar-se e a esquecer-se do seu Criador. Tenhamos a boa vontade de  pensar que, se  Deus em Pessoa vier nos corrigir, louvado seja o Seu Nome. E feliz do homem  a  quem o Senhor encontrar sem culpa!

 

 

NAS REVELAÇÕES AO PADRE GOBBI

 

            “Convido-vos a unir a vossa oração à da Mãe Celeste, para obter o grande dom do segundo Pentecostes. O tempo do segundo Pentecostes chegou. (...) Com o seu divino Amor abrirá as portas dos corações e iluminará todas as consciências. Cada homem verá a si próprio no fogo abrasador da divina Verdade. Será como um pequeno Juízo. Depois Jesus trará o seu Reino glorioso no mundo.” (22/05/88).

 

            “O que acontecerá será uma coisa tão grande que jamais houve desde o princípio do mundo. Será como um pequeno Juízo e cada um verá a própria vida e todas as suas obras na própria luz de Deus.” (2/10/92).

 

            “O triunfo do Meu Coração Imaculado coincidirá com o grande prodígio do Segundo Pentecostes.”

 

            “Descerá fogo do céu e purificará toda a humanidade que voltou a ser pagã.”

 

            “Será como um pequeno Juízo e cada um verá a si mesmo na luz da própria verdade de Deus.”

 

            “Assim, os pecadores voltarão à graça e à santidade; os perdidos à estrada do bem; os afastados à casa do Pai; os doentes à cura completa; os soberbos, os impuros, os malvados colaboradores de Satanás serão para sempre derrotados e condenados.”(22/5/94)

 

            “...Sereis iluminados por esta luz divina e vereis a vós mesmos no espelho da verdade e da santidade de Deus.”

            “Será como um pequeno Juízo que abrirá a porta do vosso coração para receber o grande dom da Divina Misericórdia.”

            “Então o Espírito Santo operará o novo milagre da universal transformação no coração e na vida de todos.” (4 de Junho de 1995).

 

FÁTIMA  E  O  AVISO

 

“Antes de desaparecer na direção do Oriente abrindo de novo o Céu, a Virgem-Mãe prepara as crianças: - ‘Ides, pois, ter muito que sofrer, mas a graça de Deus será o vosso conforto’. E, então, narra Lúcia: ‘Foi ao pronunciar estas últimas palavras, que abriu, pela primeira vez, as Mãos, comunicando-nos uma luz tão intensa, como que reflexo que delas expedia, que nos penetrava no peito e no mais íntimo da alma, fazendo-nos ver a nós mesmos em Deus, que era essa Luz, mais claramente que nos vemos no melhor dos espelhos. Então, por um impulso íntimo, também comunicado, caímos de joelhos, e repetimos intimamente:  - Ó Santíssima Trindade, eu Vos adoro...’  

 

“Diversas revelações modernas, com destaque para Garabandal, preparam-nos para um ‘Aviso’ que a Misericórdia de Deus, por meio de seu Espírito Santo, proporcionará a toda a humanidade: trata-se exatamente, de nos vermos a nós próprios em Deus, no espelho de Deus. Como se nos caíssem as escamas dos olhos... Pois bem: Fátima se antecipou. As crianças se viram a si mesmas em Deus, ‘mais claramente que nos vemos no melhor dos espelhos’. Por serem puras e estarem em união com Deus, e por terem acabado de se oferecer como Vítimas, as crianças sentiram apenas o impulso de se ajoelhar, em adoração. Imaginemos a situação daqueles que estiverem em pecado ou em franca oposição a Deus, quando esse ‘Aviso’ acontecer...” (O Terceiro Segredo de Fátima – Interpretação da Mensagem Revelada, por José Hipólito de Moura Faria – pg. 22-23 – Correio Rainha da Paz ou tel.  (0xx41)  272-6442).

 

 

VASSULA CHAMA O “AVISO” OU “PEQUENO JUIZO” DE “PURIFICAÇÃO:

 

            “Na Mensagem (A Verdadeira Vida em Deus) fala-se sobre “PURIFICAÇÃO”, uma Purificação que virá sobre toda a humanidade. E isso é uma graça! É terrível... mas é bom, ao mesmo tempo. Terrível porque você vai se descobrir, você vai ter uma revelação de você mesmo – da verdadeira pessoa que você é. Porém também é bom, porque, depois, você se sentirá purificado, você se arrependerá (dos erros que cometeu) como jamais o fez antes. E você se arrependerá com o coração, porque você vai ver, exatamente, como você é na realidade, em vez de ver apenas a imagem que você faz de si mesmo. É desse modo que Deus nos prepara para a nossa reconciliação com Ele.” (Palavras de Vassula Ryden em Brasília, aos 12/10/97).

 

            A própria Vassula e outros místicos e santos, especialmente Santa Margarida Maria e S.João Maria Vianney (ver adiante) experimentaram já em sua vida o “AVISO” ou “PEQUENO JUIZO”, etc., “uma purificação igual ao Purgatório que eu sofri, quando  consegui ver os meus pecados com os Olhos de Deus.” (“A Verdadeira Vida em Deus”, 4°volume, pg. 38, nota).

 

            “Eu digo-te e a todos os meus eleitos: Eu estou muito perto de vós. O que cairá sobre vós, arde como fogo, mas é um fogo espiritual; arde mas não queima, arde na alma – assim como acontece no Purgatório. É um Purgatório antecipado.” (Mensagem de Jesus à Gisela Maria, vidente da Alemanha, aos 9 de Março de 2001: SIM, EU SOU REI pg.114)

 

            Alguns outros videntes falam do “AVISO” sem o nomear, e de forma mais atenuada. Assim, o Diogo, de São José dos Campos SP, teve a seguinte comunicação de Nossa Senhora: “...em breve Ele (Jesus) levará a todos a ter consciência daquilo que estão fazendo. Em breve Ele levará a todos a conhecerem a Sua Luz.” (13/12/1997).

 

 

A PURIFICAÇÃO

Apoia-te a Mim, Abençoada da Minha Alma, Eu dou-te a Minha Paz. Escreve: Oh! Jerusalém! 1 Volta os teus olhos para Este e para Oeste, vira os teus olhos para o Nordeste e para o Sul, que Eu estou lá! Eu te digo, em verdade, que o Meu Espírito, uma vez mais, será derramado em ti e a Minha Imagem Se difundirá de um lado ao outro, da face do mundo. Aquilo que projetei realizar-se-á e aquilo que disse cumprir-se-á. Vem ao pé de Mim e ouve atentamente: Hoje, Eu Mesmo venho ao limiar da tua porta, empunhando o estandarte da Paz; venho para te salvar, Jerusalém.

 

Está escrito: Fiel e Verdadeiro (Ap 19,11), Rei dos Reis e Senhor dos Senhores (Ap 19, 16). Ouvirei, agora, de ti, Jerusalém: "Meu Rei, sois Vós Quem eu devo adorar", ou quererás continuar ainda a ignorar Aquele Que te oferece a Sua Paz?... Queres reconhecer, nestes últimos dias, antes do Dia da Retribuição, o Meu Espírito Santo que desce do Alto, em toda a Sua Glória, para habitar contigo?

 

Em toda a tua vida, geração, tu zombaste da Minha Lei e voltaste-Lhe as costas, rebelando-te. Irás, então, preparar-te para Me encontrar agora a Mim, teu Deus? Depressa, Eu Mesmo atravessarei a tua cidade 2 , e isto acontecerá mais depressa do que tu pensas! Serão estes os Meus últimos avisos; Eu te digo solenemente:

 

 

Desperta do teu profundo sono!

Caminhas para a tua ruína; sacode o pó que te cobre e ressuscita dos mortos;

O Fim dos Tempos 3 está mais próximo do que pensas.

 

 

PRIMEIRA FASE

 

Depressa, muito depressa, abrirei, inesperadamente o Meu Santuário, no Céu, e, então, de olhos desvelados, perceberás como que uma revelação secreta: miriades de Anjos, de Tronos, de Dominações, de Principados, de Potestades, todos prostrados em torno da Arca da Aliança.

 

Depois, um Sopro roçará pela tua vista e os Poderes do Céu tremerão, os clarões do relâmpago serão seguidos por ruídos de trovão. "Será este um período de angústia tal, que não terá havido outro semelhante, desde que existem nações, até àquele tempo" (Dn 12, 1), uma vez que permitirei à tua alma perceber todos os acontecimentos da tua existência: Eu Mesmo te os revelarei, um a um. Com grande consternação da tua alma, conhecerás quanto sangue inocente de almas vitimas os teus pecados fizeram derramar. Então, farei ver e tornar consciente a tua alma de como nunca tinhas seguido a Minha Lei. Como um pergaminho que se desenrola, abrirei a Arca da Aliança e far-te-ei consciente da tua falta de respeito com a Lei.

 

 

SEGUNDA FASE

 

Se tiveres ainda ficado com vida e de pé, os olhos da tua alma verão uma Luz deslumbrante, semelhante ao cintilar de inúmeras pedras preciosas, como o brilho cristalino de diamantes, uma Luz tão pura e resplandecente que, embora miríades de Anjos estejam presentes, em silêncio, à sua volta, tu não serás capaz de os ver completamente, porque essa Luz os envolverá como que em pó de ouro; a tua alma perceberá apenas as suas formas, mas não os seus rostos. Então, no meio desta Luz cintilante, a tua alma verá aquilo mesmo que já viu, numa fração de segundo, no justo momento da tua criação...

 

Eles verão: Aquele que, em primeiro lugar, vos teve nas Suas Mãos, os Olhos que, em primeiro lugar vos viram.

 

Eles verão: as Mãos d'Aquele que vos formou e abençoou...

 

Eles verão: o Mais Terno Pai, vosso Criador, inteiramente revestido de um terrível esplendor,

o Primeiro e o Último Aquele que é, que era e que há-de vir, o Omnipotente, o Alfa e o Omega:

o Soberano

 

Retomando a tua consciência, ficarás atordoada e os teus olhos paralisar-se-ão de medo, ao ver os Meus, que serão como duas Chamas de Fogo (Ap 19, 12). Então, o teu coração voltará a ver os seus pecados e será invadido pelos remorsos. Numa grande angústia e numa grande agonia, sofrerás pela tua falta de respeito para com a Lei, tomando, então, consciência de como tu terás constantemente profanado o Meu Santo Nome e de quanto Me terás rejeitado a Mim, teu Pai... Tomada de pânico, tremerás e arrepiar-te-ás, quando te vires a ti mesma como um cadáver em putrefação, devorado por vermes e abutres.

 

 

TERCEIRA FASE

 

E se te agüentares ainda nas pernas, Eu te mostrarei, então, aquilo que a tua alma, Meu Templo e Minha Morada, acalentou, em todos os anos da tua vida. Com horror, verás que, no lugar do Meu Sacrifício Perpétuo, tu própria adoraste a Serpente e construíste a Abominação da Desolação de que falou o profeta Daniel (Mt 24, 15), no íntimo mais profundo da tua alma: A blasfêmia que corta todas as ligações celestes que te unem a Mim, teu Deus e cria um abismo entre ti e Mim, teu Deus.

 

Quando este Dia vier, as escamas cairão dos teus olhos, a fim de que tu mesma te dês conta de como estás nua e de como, dentro de ti, tu não passas de um país árido... Criatura infeliz, a tua rebelião e a negação da Santíssima Trindade fizeram de ti uma renegada e perseguidora da Minha Palavra.

 

Então, os teus choros e os teus gemidos apenas serão ouvidos por ti. E Eu te digo: lamentar-te-ás e chorarás, mas os teus gemidos não serão ouvidos senão pelos teus próprios ouvidos.

 

Eu só posso julgar como Me foi ordenado que julgasse e o Meu juízo será justo. Tal como aconteceu no tempo de Noé, assim será também quando Eu abrir os Céus e vos mostrar a Arca da Aliança. De fato, como "nos dias que precederam o Dilúvio, comiam, bebiam, casavam e davam-se em casamento, até ao dia em que Noé entrou na arca; e não deram por nada, até chegar o Dilúvio que a todos arrastou, assim será também nesse Dia" (Mt 24, 38-39).

 

Eu vos digo que, se esse tempo não tivesse sido abreviado, pela intercessão de vossa Santa Mãe, dos santos mártires e dos verdadeiros mares de sangue derramado sobre a terra, desde Abel o Santo até ao sangue de todos os Meus profetas, ninguém de vós sobreviveria.

 

Eu, o vosso Deus, envio anjos, um após outro, para anunciar que o Meu Tempo de Misericórdia está a acabar e que o Tempo do Meu Reino sobre a terra está já ao alcance da mão. Envio-vos os Meus anjos a dar testemunho do Meu Amor "aos habitantes da terra e a toda a nação, raça, língua e povo" (Ap 14,6). Eu vos-los envio como apóstolos dos últimos tempos, para anunciar que "o império do mundo foi entregue a Nosso Senhor e ao Seu Cristo: e Ele reinará pelos séculos dos séculos" (Ap 11, 15) no meio de vós.

 

Neste deserto, Eu envio-vos os Meus servidores, os profetas, a gritar em alta voz: "Temei a Deus e dai-Lhe Glória, porque chegou a hora do Seu julgamento" (Ap 14, 7).

 

O Meu Reino virá inesperadamente sobre vós e é justamente por isso que deveis ter constância e fé até ao fim.

 

Minha filha, reza pelo pecador, que não tem consciência da sua própria ruína;

reza, para pedirdes ao Pai que perdoe os crimes que o mundo comete constantemente;

reza pela conversão das almas; reza pela Paz.

 

--------------------------------------------------------------------------------

1 isto é "oh! Geração!"

2 isto é "nós", que somos a "cidade" de Deus

3 o Fim dos Tempos NÃO é o fim do mundo; é o fim de uma época


 
 
 

Artigo Visto: 1018 - Impresso: 75 - Enviado: 17
Ajude a manter a nossa obra de evangelização e o nosso site no ar, faça uma doação.

ATENÇÃO! Todos os artigos disponíveis neste sítio são de livre cópia e difusão deste que sempre sejam citados a fonte www.cidadaosdoinfinito.com.br

 

 
Visitas Únicas Hoje: 46 - Total Visitas Únicas: 282842 - Usuários online: 7