COMUNIDADES DE VIDA E ORAÇÃO - Vigiai, porque não sabeis a hora em que virá o Senhor (Mateus 24,42)
Documento sem título
 




 
 
26/11/2012
A VOLTA DE JESUS E OS FILHOS DA LUZ
“O Dia do Senhor virá como um ladrão, à noite.” (I Tess 5,2).
 

Hugo Ferreira Pinto


          Mas isso, explica São Paulo, será para os filhos das trevas, não para os filhos da luz: Esse dia será repentino, virá de improviso, surpreenderá somente os filhos das trevas:

 

          “No tocante ao tempo e ao prazo, meus irmãos, é escusado escrever-vos, porque vós sabeis, perfeitamente, que o Dia do Senhor virá como um ladrão, à noite. Quando as pessoas (das trevas) disserem: paz e segurança! Então lhes sobrevirá repentina destruição, como as dores sobre mulher grávida; e não poderão escapar.” (5, 1-3).

 

        Mas, para os filhos da luz, virá esse Dia “como um ladrão”, inesperadamente? Não, afirma o Apóstolo: “Vós, porém  meus irmãos, não andais em trevas, de modo que esse Dia vos surpreenda, como um ladrão; pois que todos vós sois filhos da luz, filhos do dia. Não somos da noite nem das trevas.” (versículos 4-6).

 

       Nós somos filhos da luz, mas os filhos das trevas insistem que nem o próprio Jesus sabia: “Daquele dia e da hora, ninguém sabe, nem os anjos dos céus, nem o Filho, mas ´só o Pai.” (Mt  24,36).

 

       Ora, um acontecimento profetizado para uma data ignorada, quando a data chega ou está prestes a chegar, a gente sabe que está iminente ou que está se realizando.

 

         Assim, para o Catecismo da Igreja Católica, “o advento de Cristo na glória é iminente... Este acontecimento escatológico pode ocorrer a qualquer momento.” (673).

 

       Para o Concílio Vaticano II “a era final do mundo já chegou até nós e a renovação do mundo foi irrevogavelmente decretada....” (LG 48).

 

        Já ao Santo Padre João Paulo II, agrada mais a imagem da “Sentinela”, de Isaias:

 

     “Sentinela, em que pé está a noite? E a sentinela responde: A manhã já chega...” (Is 21,11-12). O Santo Padre omitiu o final do versículo, que fala da possibilidade de mais uma “noite”: (cf. Ap 20,7). (Se não me engano esta homilia do Santo Padre foi no encontro mundial com a Juventude no ano 2000).

 

        Todavia, “mais do que a sentinela que aguarda o amanhecer, espere Israel pelo Senhor.” ( Sl 129,7).

                   O Papa Pio XII, no sermão de páscoa em 1957, fez a seguinte oração:

"Vem, Senhor Jesus; há tantos sinais de que a Tua volta não está longe".

                    O Papa  João XXIII, no sermão de Natal em 1959, proclamou:

"A vinda de Cristo está próxima".

                       O Papa Paulo VI, a 13 de maio de 1970, declarou:

"A volta de Cristo é iminente".

            Para Vassula, Jesus usa outra imagem ou comparação: Já se podem ouvir o rumor dos Seus passos... ao retornar.

 

            E, entre outras numerosas mensagens no mesmo sentido, Maria exorta:

 

            “Vivei cada momento da vossa vida na maior confiança e na mais alegre expectativa do glorioso retorno do Meu Filho Jesus.” (Gobbi, 24/12/84 – com “imprimtur” da Igreja).

 

          Assim vivemos os filhos da luz, não importa que os filhos das trevas continuem dizendo:

 

            “Em que ficou a promessa da Sua Vinda?  De fato, desde que os pais morreram, tudo continua como desde o princípio da criação!” (2 Ped 3,4).

 

            “...todos vós sois filhos da luz, filhos do dia”!

 


           

           

 
 
 

Artigo Visto: 902 - Impresso: 38 - Enviado: 7
Ajude a manter a nossa obra de evangelização e o nosso site no ar, faça uma doação.

ATENÇÃO! Todos os artigos disponíveis neste sítio são de livre cópia e difusão deste que sempre sejam citados a fonte www.cidadaosdoinfinito.com.br

 

 
Visitas Únicas Hoje: 178 - Total Visitas Únicas: 294263 - Usuários online: 14