COMUNIDADES DE VIDA E ORAÇÃO - Vigiai, porque não sabeis a hora em que virá o Senhor (Mateus 24,42)
Documento sem título
 
Você está em: MENU PRINCIPAL / ARTIGOS / PECADORZINHO




 
 
17/12/2012
PECADORZINHO
O Mistério do Natal - São João de Ávila
 

Chegou o dia de Deus nos mostrar a sua misericórdia: “Eis o sinal que vos dou para que não percais de vista o Messias: um recém-nascido envolto em paninhos, posto numa manjedoura”.

Menino bom, não falais? Só falava como uma criança de dois dias. Para quê tanto silêncio? O Menino cala-se para te dar a entender, pecadorzinho, que, embora tenhas cometido pecados, não te chamará à sua presença como fez com Adão, não te assustará nem te repreenderá.

Encontrá-lo-ás tão mudo para repreender como agora para te falar. É a esta luz que devemos compreender este mistério: assim como exteriormente aparece na carne, do mesmo modo traz dentro de si a santa Divindade em mansidão.

Haverá alguém mais fraco e incapaz de fazer o mal do que um menino de dois dias? Desde quando uma criança de dois dias esbofeteou ou matou alguém? Não há nada que cause menos temor do que um recém-nascido.

Pois este é o mistério que celebramos nesta festa, não como as pessoas mundanas, mas em espírito, como Ele próprio disse: como verdadeiros adoradores em espírito e verdade (cf. Jo 4,23).

Irmãos, como por fora vedes a Humanidade, em virtude da santa Encarnação de Jesus Cristo e da sua Paixão, assim também deveis ver por dentro a Divindade.

Esta é a Divindade que, sem armas, diz:

“Não te farei mal, pecador, aproxima-te de mim. Do mesmo modo que não deves fugir de uma criança, também não deves fugir da minha Divindade. E como no meu corpo vês mansidão, igualmente deves vê-la na minha Divindade”.

Esta é a grandeza de Deus: tal como aparece externamente, assim é interiormente, tão manso e tão misericordioso.

Bendito seja esse Deus e bendita a sua misericórdia que a este dia nos deixou chegar, o dia da mansidão e da misericórdia de Deus!

 

Com votos de um santo e feliz NATAL


Gentileza de Hugo Ferreira Pinto – e-mail hugoap@terra.com.br


 
 
 

Artigo Visto: 854 - Impresso: 18 - Enviado: 13
Ajude a manter a nossa obra de evangelização e o nosso site no ar, faça uma doação.

ATENÇÃO! Todos os artigos disponíveis neste sítio são de livre cópia e difusão deste que sempre sejam citados a fonte www.cidadaosdoinfinito.com.br

 

 
Visitas Únicas Hoje: 129 - Total Visitas Únicas: 254156 - Usuários online: 10